Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 10 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

soraiapedrozo@dgabc.com.br | 4435-8057

MP libera festa da CUT no Parque da Independência


Do Diário do Grande ABC

17/04/2007 | 07:12


O Ministério Público de São Paulo assegurou a realização da festa de 1º de Maio da CUT (Central Única dos Trabalhadores) no Parque da Independência, no bairro do Ipiranga, na Capital paulista. No entanto, nesta terça-feira a organização terá que detalhar como será feita a segurança do evento para que haja a aprovação final das autoridades.

Na reunião desta tarde, CUT, Polícia Militar, SPTuris (Empresa de Turismo e Eventos da Cidade de São Paulo), CET (Companhia de Engenharia de Tráfego) e Contru (Departamento de Controle do Uso de Imóveis) deverão comparecer para tomar conhecimento do projeto e montar o melhor esquema de segurança para o evento.

Entre as medidas estudadas pela CUT está a retirada dos gradis do entorno do parque para aumentar as saídas do local e o fechamento da Avenida Nazaré para aumentar a área segura da festa.

Na última semana, a Polícia Militar entrou com uma Ação Civil Pública pedindo que fosse proibida a realização da festa, assim como de qualquer outro evento no local. Mas, nesta segunda-feira, o MP indeferiu o requerimento.

Há duas semanas, a CUT apresentou o parque como alternativa a Avenida Paulista, endereço das últimas três edições do evento. A decisão de sair do cartão postal da Capital foi uma exigência do próprio MP e da Prefeitura.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

MP libera festa da CUT no Parque da Independência

Do Diário do Grande ABC

17/04/2007 | 07:12


O Ministério Público de São Paulo assegurou a realização da festa de 1º de Maio da CUT (Central Única dos Trabalhadores) no Parque da Independência, no bairro do Ipiranga, na Capital paulista. No entanto, nesta terça-feira a organização terá que detalhar como será feita a segurança do evento para que haja a aprovação final das autoridades.

Na reunião desta tarde, CUT, Polícia Militar, SPTuris (Empresa de Turismo e Eventos da Cidade de São Paulo), CET (Companhia de Engenharia de Tráfego) e Contru (Departamento de Controle do Uso de Imóveis) deverão comparecer para tomar conhecimento do projeto e montar o melhor esquema de segurança para o evento.

Entre as medidas estudadas pela CUT está a retirada dos gradis do entorno do parque para aumentar as saídas do local e o fechamento da Avenida Nazaré para aumentar a área segura da festa.

Na última semana, a Polícia Militar entrou com uma Ação Civil Pública pedindo que fosse proibida a realização da festa, assim como de qualquer outro evento no local. Mas, nesta segunda-feira, o MP indeferiu o requerimento.

Há duas semanas, a CUT apresentou o parque como alternativa a Avenida Paulista, endereço das últimas três edições do evento. A decisão de sair do cartão postal da Capital foi uma exigência do próprio MP e da Prefeitura.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;