Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 3 de Abril

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

soraiapedrozo@dgabc.com.br | 4435-8057

Vendas de carros na China têm queda anual de 1,1% em janeiro



13/02/2017 | 05:00


O mercado automotivo da China teve um começo de ano fraco, à medida que um feriado nacional e impostos mais altos prejudicaram a demanda em janeiro.

No mês passado, um total de 2,218 milhões de veículos de passeio foram vendidos no país asiático, 1,1% menos que em janeiro de 2016, segundo dados da associação local de montadoras.

Por outro lado, as vendas totais, incluindo-se caminhões e outros veículos comerciais, subiram 0,2% na mesma comparação, a 2,52 milhões de unidades.

No ano passado, a China estabeleceu um novo recorde, com vendas de mais de 24 milhões de veículos, alta de 15% em relação a 2015. As vendas saltaram após o governo reduzir pela metade o imposto sobre carros com motor de até 1.6 litro, a 5%.

Neste começo de 2017, no entanto, o imposto foi elevado para 7,5%. No fim do ano, a taxa voltará para o nível original de 10%.

Além disso, as vendas do mês passado também foram prejudicadas pelo feriado do ano novo lunar, que é móvel e teve início em 27 de janeiro este ano. Em 2016, o feriado, que se estende por uma semana, caiu em fevereiro. Fonte: Dow Jones Newswires.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Vendas de carros na China têm queda anual de 1,1% em janeiro


13/02/2017 | 05:00


O mercado automotivo da China teve um começo de ano fraco, à medida que um feriado nacional e impostos mais altos prejudicaram a demanda em janeiro.

No mês passado, um total de 2,218 milhões de veículos de passeio foram vendidos no país asiático, 1,1% menos que em janeiro de 2016, segundo dados da associação local de montadoras.

Por outro lado, as vendas totais, incluindo-se caminhões e outros veículos comerciais, subiram 0,2% na mesma comparação, a 2,52 milhões de unidades.

No ano passado, a China estabeleceu um novo recorde, com vendas de mais de 24 milhões de veículos, alta de 15% em relação a 2015. As vendas saltaram após o governo reduzir pela metade o imposto sobre carros com motor de até 1.6 litro, a 5%.

Neste começo de 2017, no entanto, o imposto foi elevado para 7,5%. No fim do ano, a taxa voltará para o nível original de 10%.

Além disso, as vendas do mês passado também foram prejudicadas pelo feriado do ano novo lunar, que é móvel e teve início em 27 de janeiro este ano. Em 2016, o feriado, que se estende por uma semana, caiu em fevereiro. Fonte: Dow Jones Newswires.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;