Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 16 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Má conservação de passarela incomoda população

Denis Maciel/DGABC  Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Prefeitura de Santo André promete rondas e vistoria no local


Yago Delbuoni
Especial para o Diário

12/06/2015 | 07:00


Cheiro forte de urina, lixo queimado, vandalismo e falta de segurança são as principais reclamações de quem usa passarela na Avenida Perimetral, no Centro de Santo André.

A diarista Anaísia Cardoso, 44 anos, passa ali diariamente. “Tem muitos usuários de drogas e o cheiro é horrível.” Para a moradora de Mauá, à noite o lugar é ainda mais perigoso.

Perto de uma das saídas da passarela está a farmácia de Adriano de Paula, 32, que também não se sente seguro. “A passagem está abandonada.”

Segundo o farmacêutico, o comércio foi assaltado duas vezes neste ano. “Precisa ter mais policiamento. A farmácia tinha cinco funcionários e também por causa da insegurança reduzimos para dois.”

A reclamação não é recente. Conforme o Diário publicou em maio de 2010, a má conservação já gerava reclamações.

Procurada, a Prefeitura informou que a GCM (Guarda Civil Municipal) reforçará as rondas no local. Sobre a manutenção, equipe será deslocada nos próximos dias para verificar as denúncias. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Má conservação de passarela incomoda população

Prefeitura de Santo André promete rondas e vistoria no local

Yago Delbuoni
Especial para o Diário

12/06/2015 | 07:00


Cheiro forte de urina, lixo queimado, vandalismo e falta de segurança são as principais reclamações de quem usa passarela na Avenida Perimetral, no Centro de Santo André.

A diarista Anaísia Cardoso, 44 anos, passa ali diariamente. “Tem muitos usuários de drogas e o cheiro é horrível.” Para a moradora de Mauá, à noite o lugar é ainda mais perigoso.

Perto de uma das saídas da passarela está a farmácia de Adriano de Paula, 32, que também não se sente seguro. “A passagem está abandonada.”

Segundo o farmacêutico, o comércio foi assaltado duas vezes neste ano. “Precisa ter mais policiamento. A farmácia tinha cinco funcionários e também por causa da insegurança reduzimos para dois.”

A reclamação não é recente. Conforme o Diário publicou em maio de 2010, a má conservação já gerava reclamações.

Procurada, a Prefeitura informou que a GCM (Guarda Civil Municipal) reforçará as rondas no local. Sobre a manutenção, equipe será deslocada nos próximos dias para verificar as denúncias. 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;