Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 23 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Cultura & Lazer

cultura@dgabc.com.br | 4435-8364

Amigos e suas histórias

Divulgação  Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Klebber Toledo e Wagner Santisteban se
apresentam amanhã e domingo em Sto.André


Raija Camargo

01/05/2015 | 07:00


A relação de amor fraterno inspirou a Canção da América, icônica música de Milton Nascimento. Não há quem não conheça a estrofe: Amigo é coisa para se guardar/ No lado esquerdo do peito. É este clima de amizade e de sonhos peculiares da juventude que o espectador pode esperar no texto de Regiana Antonini, que chega amanhã e domingo ao Teatro Municipal de Santo André (Praça 4º Centenário, 1. Tel.: 4433-0789), na peça Aonde Está Você Agora?

A montagem conta a história de dois jovens que constroem sólida amizade, apesar das diferenças socio-econômicas, mas que se separam na juventude, mantendo contato em pensamentos, lembranças e um Livro da Sorte. “Vim de uma cidade do interior de São Paulo, Bom Jesus dos Perdões, e ainda tenho alguns amigos que ficaram lá, amigos da infância que sempre vou visitar. É nostálgico revê-los, pois fazem parte da minha origem, de onde tudo começou. Eles me conheceram quando brincava na rua, na praça. São relações e lembranças muito fortes”, conta Klebber Toledo ao Diário.

Inspirada na música Vento no Litoral, da Legião Urbana, a peça se passa em sete anos da vida desses dois amigos. Um deles, Pedro, fica em Vila Velha, no Espírito Santo, e Gabriel vai para Nova York. Como a história acontece durante as décadas de 1980 e 1990, quando não havia Internet e as ligações internacionais não eram tão acessíveis, os dois se distanciam, mas não esquecem as aventuras da adolescência, mostradas em flashbacks durante o espetáculo. “Ao mesmo tempo que as redes sociais aproximas os amigos, elas também distâncias. Pelo fato de as pessoas se falarem pelo WhatsApp, acham que estão próximas, mas esquecem de se ver pessoalmente e quando o fazem, estão no WhatsApp conversando com outras pessoas que estão longe. Como não havia tantas facilidades antigamente, as saudades eram mais intensas, verdadeiras e quando havia oportunidade do encontro, era mais sincero”, diz o ator. Os ingressos, que podem ser adquiridos na bilheteria do teatro ou pelo site www.bilheteriaexpress.com.br, custam R$ 60 e R$ 30..



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Amigos e suas histórias

Klebber Toledo e Wagner Santisteban se
apresentam amanhã e domingo em Sto.André

Raija Camargo

01/05/2015 | 07:00


A relação de amor fraterno inspirou a Canção da América, icônica música de Milton Nascimento. Não há quem não conheça a estrofe: Amigo é coisa para se guardar/ No lado esquerdo do peito. É este clima de amizade e de sonhos peculiares da juventude que o espectador pode esperar no texto de Regiana Antonini, que chega amanhã e domingo ao Teatro Municipal de Santo André (Praça 4º Centenário, 1. Tel.: 4433-0789), na peça Aonde Está Você Agora?

A montagem conta a história de dois jovens que constroem sólida amizade, apesar das diferenças socio-econômicas, mas que se separam na juventude, mantendo contato em pensamentos, lembranças e um Livro da Sorte. “Vim de uma cidade do interior de São Paulo, Bom Jesus dos Perdões, e ainda tenho alguns amigos que ficaram lá, amigos da infância que sempre vou visitar. É nostálgico revê-los, pois fazem parte da minha origem, de onde tudo começou. Eles me conheceram quando brincava na rua, na praça. São relações e lembranças muito fortes”, conta Klebber Toledo ao Diário.

Inspirada na música Vento no Litoral, da Legião Urbana, a peça se passa em sete anos da vida desses dois amigos. Um deles, Pedro, fica em Vila Velha, no Espírito Santo, e Gabriel vai para Nova York. Como a história acontece durante as décadas de 1980 e 1990, quando não havia Internet e as ligações internacionais não eram tão acessíveis, os dois se distanciam, mas não esquecem as aventuras da adolescência, mostradas em flashbacks durante o espetáculo. “Ao mesmo tempo que as redes sociais aproximas os amigos, elas também distâncias. Pelo fato de as pessoas se falarem pelo WhatsApp, acham que estão próximas, mas esquecem de se ver pessoalmente e quando o fazem, estão no WhatsApp conversando com outras pessoas que estão longe. Como não havia tantas facilidades antigamente, as saudades eram mais intensas, verdadeiras e quando havia oportunidade do encontro, era mais sincero”, diz o ator. Os ingressos, que podem ser adquiridos na bilheteria do teatro ou pelo site www.bilheteriaexpress.com.br, custam R$ 60 e R$ 30..

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;