Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 20 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Suécia começa bem e vence com ajuda do árbitro de vídeo

Pênalti que decidiu o jogo só foi assinalado após juiz principal ter sido avisado da infração na área


Anderson Fattori

19/06/2018 | 07:00


De volta à Copa depois de 12 anos, a Suécia é um dos possíveis rivais do Brasil nas oitavas, isso, claro, se a Seleção confirmar o favoritismo no Grupo E. Caso ocorra, os brasileiros têm com o que se preocupar. Ontem, na estreia, os suecos dominaram a Coreia do Sul e venceram por 1 a 0, gol de pênalti assinalado pelo árbitro Joel Aguilar, de El Salvador, com ajuda do VAR (árbitro de vídeo).

A vitória colocou os suecos na liderança da Chave F, com os mesmos três pontos do México, que domingo bateu a Alemanha, também por 1 a 0. Ao fim da fase, os dois classificados deste grupo pegarão os promovidos da chave da Seleção, sendo que os primeiros colocados enfrentam os segundos.

A Suécia teve atuação segura. Sem Ibrahimovic, um dos maiores nomes da história, que se aposentou da seleção após a Eurocopa 2016, o time foi conduzido pelo meia Larsson, do inglês Hull City, o mais experiente do renovado grupo sueco.

A intensidade no toque de bola foi fundamental na construção da vitória, que poderia ter sido bem mais tranquila se Berg, substituto de Ibrahimovic, não tivesse desperdiçado duas grandes oportunidades.

O gol só saiu aos 19 minutos do segundo tempo. Kim Min-Woo deu carrinho nas pernas de Claesson na área. O árbitro Joel Aguilar incrivelmente mandou o jogo seguir, mas segundos depois foi alertado pelo árbitro de vídeo, voltou atrás e corrigiu a marcação. O zagueiro Granqvist cobrou o pênalti e garantiu a vitória.  



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Suécia começa bem e vence com ajuda do árbitro de vídeo

Pênalti que decidiu o jogo só foi assinalado após juiz principal ter sido avisado da infração na área

Anderson Fattori

19/06/2018 | 07:00


De volta à Copa depois de 12 anos, a Suécia é um dos possíveis rivais do Brasil nas oitavas, isso, claro, se a Seleção confirmar o favoritismo no Grupo E. Caso ocorra, os brasileiros têm com o que se preocupar. Ontem, na estreia, os suecos dominaram a Coreia do Sul e venceram por 1 a 0, gol de pênalti assinalado pelo árbitro Joel Aguilar, de El Salvador, com ajuda do VAR (árbitro de vídeo).

A vitória colocou os suecos na liderança da Chave F, com os mesmos três pontos do México, que domingo bateu a Alemanha, também por 1 a 0. Ao fim da fase, os dois classificados deste grupo pegarão os promovidos da chave da Seleção, sendo que os primeiros colocados enfrentam os segundos.

A Suécia teve atuação segura. Sem Ibrahimovic, um dos maiores nomes da história, que se aposentou da seleção após a Eurocopa 2016, o time foi conduzido pelo meia Larsson, do inglês Hull City, o mais experiente do renovado grupo sueco.

A intensidade no toque de bola foi fundamental na construção da vitória, que poderia ter sido bem mais tranquila se Berg, substituto de Ibrahimovic, não tivesse desperdiçado duas grandes oportunidades.

O gol só saiu aos 19 minutos do segundo tempo. Kim Min-Woo deu carrinho nas pernas de Claesson na área. O árbitro Joel Aguilar incrivelmente mandou o jogo seguir, mas segundos depois foi alertado pelo árbitro de vídeo, voltou atrás e corrigiu a marcação. O zagueiro Granqvist cobrou o pênalti e garantiu a vitória.  

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;