Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 14 de Julho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Mulheres estréiam para vingar homens no futebol


Analy Cristofani
Da Redaçao

12/09/2000 | 00:42


  Como se nao bastasse a situaçao do técnico Wanderley Luxemburgo à frente da Seleçao Brasileira, quem também sofre com as derrapadas do time masculino sao as meninas do futebol feminino. Na Vila Olímpica, as jogadoras ainda sao obrigadas a conviver com as gozaçoes do atacante chileno Iván Zamorano que, a todo momento em que encontra as atletas, nao perde a chance de provocá-las com piadas. "Meninas, três a zero, três a zero", repete o jogador, lembrando da vitória da sua seleçao sobre a equipe de Luxemburgo nas Eliminatórias. As brasileiras nao deixam por menos e respondem mostrando as quatro estrelas do uniforme, que comprovam os títulos mundiais.

O time brasileiro de futebol feminino conta com a força e talento da meia Sissi para a conquista de medalha na Olimpíada de Sydney. A jogadora, que já teve seu nome gritado nos estádios pela torcida do Sao Paulo, sendo considerada, muitas vezes, melhor que o atacante Valdir (Atletico-MG), depende de um exame médico antes da partida contra a Suécia, na madrugada de terça para quarta (3h, horário de Brasília), em Melbourne, pois está com uma contusao na panturrilha. A partida terá transmissao da ESPN Brasil e Bandeirantes.

Sissi engole a brincadeira do chileno, mas nao gosta de ver o futebol feminino sem apoio. "Tem horas que tenho vontade de largar tudo, mas o amor pelo que a gente faz fala mais alto. A gente evoluiu muito desde os últimos jogos, mas ainda estamos longe de países como Estados Unidos, China e Noruega", desabafa.

Para o técnico Zé Duarte, o maior problema de sua equipe para a estréia é justamente a preparaçao psicológica. É que o time perdeu a Copa Ouro para os Estados Unidos nos minutos finais da partida e, semanas depois, foi goleada pelas norte-americanas, abalando, segundo o técnico, a confiança do grupo. "Tenho medo que elas sintam. Uma vitória na estréia terá peso importante no resto da campanha".

A Seleçao Brasileira está no Grupo E, junto da favorita Austrália, Alemanha e Suécia. Já a equipe dos Estados Unidos divide o Grupo F com Noruega, Nigéria e China. As duas seleçoes só poderao se cruzar na semifinal do torneio. Ao todo sao oito equipes e as duas melhores estarao em campo no dia 28 para a grande final.

Para vencer norte-americanas e brincadeiras, a seleçao conta com estrelas como as atacantes Roseli, Suzana e Pretinha, e a zagueira Nenê. As norte-americanas, primeiras campeas olímpicas em Atlanta (1996), têm as veteranas Mia Hamm e Brandi Chastain que, antes de chegar ao Brasil, vai ter de enfrentar a revanche da China, ganhadora da medalha de prata há quatro anos, e da Suécia, que ganhou a medalha de bronze.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Mulheres estréiam para vingar homens no futebol

Analy Cristofani
Da Redaçao

12/09/2000 | 00:42


  Como se nao bastasse a situaçao do técnico Wanderley Luxemburgo à frente da Seleçao Brasileira, quem também sofre com as derrapadas do time masculino sao as meninas do futebol feminino. Na Vila Olímpica, as jogadoras ainda sao obrigadas a conviver com as gozaçoes do atacante chileno Iván Zamorano que, a todo momento em que encontra as atletas, nao perde a chance de provocá-las com piadas. "Meninas, três a zero, três a zero", repete o jogador, lembrando da vitória da sua seleçao sobre a equipe de Luxemburgo nas Eliminatórias. As brasileiras nao deixam por menos e respondem mostrando as quatro estrelas do uniforme, que comprovam os títulos mundiais.

O time brasileiro de futebol feminino conta com a força e talento da meia Sissi para a conquista de medalha na Olimpíada de Sydney. A jogadora, que já teve seu nome gritado nos estádios pela torcida do Sao Paulo, sendo considerada, muitas vezes, melhor que o atacante Valdir (Atletico-MG), depende de um exame médico antes da partida contra a Suécia, na madrugada de terça para quarta (3h, horário de Brasília), em Melbourne, pois está com uma contusao na panturrilha. A partida terá transmissao da ESPN Brasil e Bandeirantes.

Sissi engole a brincadeira do chileno, mas nao gosta de ver o futebol feminino sem apoio. "Tem horas que tenho vontade de largar tudo, mas o amor pelo que a gente faz fala mais alto. A gente evoluiu muito desde os últimos jogos, mas ainda estamos longe de países como Estados Unidos, China e Noruega", desabafa.

Para o técnico Zé Duarte, o maior problema de sua equipe para a estréia é justamente a preparaçao psicológica. É que o time perdeu a Copa Ouro para os Estados Unidos nos minutos finais da partida e, semanas depois, foi goleada pelas norte-americanas, abalando, segundo o técnico, a confiança do grupo. "Tenho medo que elas sintam. Uma vitória na estréia terá peso importante no resto da campanha".

A Seleçao Brasileira está no Grupo E, junto da favorita Austrália, Alemanha e Suécia. Já a equipe dos Estados Unidos divide o Grupo F com Noruega, Nigéria e China. As duas seleçoes só poderao se cruzar na semifinal do torneio. Ao todo sao oito equipes e as duas melhores estarao em campo no dia 28 para a grande final.

Para vencer norte-americanas e brincadeiras, a seleçao conta com estrelas como as atacantes Roseli, Suzana e Pretinha, e a zagueira Nenê. As norte-americanas, primeiras campeas olímpicas em Atlanta (1996), têm as veteranas Mia Hamm e Brandi Chastain que, antes de chegar ao Brasil, vai ter de enfrentar a revanche da China, ganhadora da medalha de prata há quatro anos, e da Suécia, que ganhou a medalha de bronze.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;