Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 6 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

cultura@dgabc.com.br | 4435-8364

Autópsia nao esclarece morte da ex-mulher do vocalista do INXS


Do Diário do Grande ABC

18/09/2000 | 14:03


Os primeiros resultados da autópsia da apresentadora britânica Paula Yates, 40 anos, encontrada morta domingo em sua residência londrina, nao permitiram determinar a causa de sua morte, anunciou nesta segunda-feira a Scotland Yard.

A polícia afirmou que deve esperar os resultados de outras análises para estabelecer como morreu Paula.

Segundo a imprensa, Paula que vivia assediada pelos paparazzi nao deixou uma carta na qual manifestasse sua intençao de se suicidar. Mas, em sua cama, os policiais teriam encontrado heroína, comprimidos e uma garrafa de vodca.

Nos últimos tempos, Paula sofria momentos de depressao aguda, era alcoólatra e tóxico-dependente. Vários jornais privilegiaram nesta segunda-feira a hipótese de uma overdose para explicar a morte Paula, mae de quatro filhos.

Famosa nos anos 80 como apresentadora de um programa musical, ``The Tube'', Paula Yates se casou em 1986 com o roqueiro Bob Geldof, ex-líder do grupo Boomtown Rats, que fez vários shows humanitários em 1985 a favor das vítimas da seca na Etiópia e trabalho no filme ``The Wall'' de Alan Parker.

O casal teve três filhos, e em 1996 se divorciaram, pondo fim a uma relaçao tumultuada, marcada pelo álcool e pela droga.

Depois ela tentou uma vida mais tranqüila ao lado de outro roqueiro, Michael Hutchence (líder do grupo INXS), com quem teve seu quarto filho.

Em novembro de 1997 Hutchence se matou enforcando-se no quarto de um hotel de Sydney, tragédia que marcou por longo tempo a vida da ex-apresentadora de televisao, que em seguida caiu em depressao e se internou várias vezes em clínicas especializadas.



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;