Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 31 de Março

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Falta de pátio motiva ato no Assunção


Fabiana Chiachiri
Do Diário do Grande ABC

03/11/2005 | 08:27


Cansados de esperar por uma solução, moradores do bairro Assunção, em São Bernardo, colocaram cinco faixas para protestar contra o número de veículos estacionados nas proximidades do 3º Distrito Policial da cidade. Os carros apreendidos pela polícia no município não têm para onde ser levados, pois o único pátio de São Bernardo está lotado. No entanto, o problema parece estar próximo de ser resolvido. Pelo menos é o que garante o delegado seccional de São Bernardo, Marco Antônio de Paula Santos. Ele diz que até dezembro deve ser inaugurado mais um pátio para os veículos apreendidos, que será construído pela Prefeitura.

“Não teremos mais carros estacionados no entorno das delegacias até dezembro. Na próxima semana, termino de retirar os veículos nas ruas do bairro Rudge Ramos, próximo ao 2º DP, e depois começaremos com os do bairro Assunção”, afirmou o seccional. De acordo com o delegado, algumas vagas já foram abertas, pois há dez dias 120 carros foram leiloados. “Até o fim do mês, teremos um novo leilão. Pretendemos desocupar mais 160 vagas”, disse Oaula Santos.

Por já estarem escaldados, os moradores do bairro Assunção não acreditam mais em promessas. “As autoridades prometeram que em agosto tudo estaria resolvido, mas até agora nada foi feito. Pelo contrário, o número de veículos aumenta a cada dia”, disse a comerciante Maria Helena Ferreira Zuin, 50 anos.

A idéia de colocar faixas de protesto foi dos moradores de dois conjuntos residenciais próximos à delegacia. “Fizemos as faixas para chamar a atenção. Além disso, estamos recolhendo assinaturas para encaminhar ao prefeito (William Dib). Não sei se a responsabilidade é dele, mas não podemos continuar com essas sucatas em frente de nossas casas. Alguns carros cheiram mal e se transformam em ninho de ratos e baratas”, disse a dona-de-casa Adriana Silva dos Santos, 35 anos.

Solução – O novo pátio municipal de São Bernardo, de acordo com o delegado seccional Marco Antônio de Paula Santos, está previsto para começar a funcionar dentro de um mês. “O processo para criar um novo espaço e abrigar veículos apreendidos é discutido há três anos. Agora que a Prefeitura tomou a iniciativa, a solução está mais próxima”, disse.

De acordo com a Prefeitura, o edital de convocação para as empresas interessadas na licitação do pátio está em andamento. O edital, que já havia sido publicado anteriormente e sofreu algumas alterações, foi novamente publicado na última sexta-feira. O tempo para a instalação do pátio dependerá do andamento do processo licitatório. A empresa vencedora será responsável pela área, pelos investimentos e pelo gerenciamento do local. Em troca, receberá participação nas diárias dos veículos e nos serviços de guincho.

Num primeiro momento, de acordo com a Prefeitura, o pátio municipal abrigará os veículos apreendidos pelo Departamento de Trânsito da cidade. Está em estudo a possibilidade de um convênio com o Estado para que os veículos apreendidos pelas polícias Civil e Militar, que estão em frente às delegacias, sejam transferidos para a área. A preocupação, no entanto, é assumir uma responsabilidade que não é da administração municipal, pois o novo pátio pode não suportar a demanda existente e em pouco tempo poderá ficar lotado.


Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Falta de pátio motiva ato no Assunção

Fabiana Chiachiri
Do Diário do Grande ABC

03/11/2005 | 08:27


Cansados de esperar por uma solução, moradores do bairro Assunção, em São Bernardo, colocaram cinco faixas para protestar contra o número de veículos estacionados nas proximidades do 3º Distrito Policial da cidade. Os carros apreendidos pela polícia no município não têm para onde ser levados, pois o único pátio de São Bernardo está lotado. No entanto, o problema parece estar próximo de ser resolvido. Pelo menos é o que garante o delegado seccional de São Bernardo, Marco Antônio de Paula Santos. Ele diz que até dezembro deve ser inaugurado mais um pátio para os veículos apreendidos, que será construído pela Prefeitura.

“Não teremos mais carros estacionados no entorno das delegacias até dezembro. Na próxima semana, termino de retirar os veículos nas ruas do bairro Rudge Ramos, próximo ao 2º DP, e depois começaremos com os do bairro Assunção”, afirmou o seccional. De acordo com o delegado, algumas vagas já foram abertas, pois há dez dias 120 carros foram leiloados. “Até o fim do mês, teremos um novo leilão. Pretendemos desocupar mais 160 vagas”, disse Oaula Santos.

Por já estarem escaldados, os moradores do bairro Assunção não acreditam mais em promessas. “As autoridades prometeram que em agosto tudo estaria resolvido, mas até agora nada foi feito. Pelo contrário, o número de veículos aumenta a cada dia”, disse a comerciante Maria Helena Ferreira Zuin, 50 anos.

A idéia de colocar faixas de protesto foi dos moradores de dois conjuntos residenciais próximos à delegacia. “Fizemos as faixas para chamar a atenção. Além disso, estamos recolhendo assinaturas para encaminhar ao prefeito (William Dib). Não sei se a responsabilidade é dele, mas não podemos continuar com essas sucatas em frente de nossas casas. Alguns carros cheiram mal e se transformam em ninho de ratos e baratas”, disse a dona-de-casa Adriana Silva dos Santos, 35 anos.

Solução – O novo pátio municipal de São Bernardo, de acordo com o delegado seccional Marco Antônio de Paula Santos, está previsto para começar a funcionar dentro de um mês. “O processo para criar um novo espaço e abrigar veículos apreendidos é discutido há três anos. Agora que a Prefeitura tomou a iniciativa, a solução está mais próxima”, disse.

De acordo com a Prefeitura, o edital de convocação para as empresas interessadas na licitação do pátio está em andamento. O edital, que já havia sido publicado anteriormente e sofreu algumas alterações, foi novamente publicado na última sexta-feira. O tempo para a instalação do pátio dependerá do andamento do processo licitatório. A empresa vencedora será responsável pela área, pelos investimentos e pelo gerenciamento do local. Em troca, receberá participação nas diárias dos veículos e nos serviços de guincho.

Num primeiro momento, de acordo com a Prefeitura, o pátio municipal abrigará os veículos apreendidos pelo Departamento de Trânsito da cidade. Está em estudo a possibilidade de um convênio com o Estado para que os veículos apreendidos pelas polícias Civil e Militar, que estão em frente às delegacias, sejam transferidos para a área. A preocupação, no entanto, é assumir uma responsabilidade que não é da administração municipal, pois o novo pátio pode não suportar a demanda existente e em pouco tempo poderá ficar lotado.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;