Fechar
Publicidade

Domingo, 26 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Passagem sob viaduto e área no entorno têm falta de manutenção

Lixo, bueiros e bocas de lobo avariados são alguns dos problemas em via de S.Bernardo


Bianca Barbosa

18/07/2018 | 07:00


Quem passa pelo Viaduto Luiz Martins de Oliveira, localizado na Avenida João Firmino, e no seu entorno já está acostumado com a situação precária. A parte de baixo do viário sofre com falta de limpeza e manutenção, com grande quantidade de lixo e entulho e tampas de bueiros quebradas, que facilitam a entrada de pessoas.

Para a recepcionista Janaína Leite, 28 anos, que passa diariamente no local, o que mais gera incômodo não é o lixo. “Esses buracos abertos são perigosos, já vi gente se escondendo de noite para usar drogas e outra vez um homem saiu de lá para assaltar uma menina. Só passo por aqui porque sou obrigada, mas ninguém merece ficar à mercê desses perigos.”

Os buracos a que a recepcionista se refere são grades dos ralos, que escoam a água da avenida quando chove, e tampas de bueiros quebradas. A equipe do Diário esteve no local ontem pela manhã, e observou que uma pessoa consegue entrar facilmente no vão entre as grades quebradas.

Do outro lado da rua, na calçada de uma concessionária de veículos, cerca de três tampas de bocas de lobo estão quebradas. O fundo do esgoto fica visível para quem chega perto, e pedestres precisam tomar cuidado ao passar pelo local.

Questionada, a Prefeitura de São Bernardo informou, por meio da Secretaria de Serviços Urbanos, que o local encontra-se em obras de adequação.

Nos próximos dias, os reparos de responsabilidade da administração serão realizados. Há também manutenções que devem ser feitas pela concessionária que administra a Via Anchieta, que será notificada para executar o serviço.

Quanto à varrição, afirma que “é realizada às segundas, quartas e aos sábados. Portanto, a limpeza está programada para amanhã (hoje)”. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Passagem sob viaduto e área no entorno têm falta de manutenção

Lixo, bueiros e bocas de lobo avariados são alguns dos problemas em via de S.Bernardo

Bianca Barbosa

18/07/2018 | 07:00


Quem passa pelo Viaduto Luiz Martins de Oliveira, localizado na Avenida João Firmino, e no seu entorno já está acostumado com a situação precária. A parte de baixo do viário sofre com falta de limpeza e manutenção, com grande quantidade de lixo e entulho e tampas de bueiros quebradas, que facilitam a entrada de pessoas.

Para a recepcionista Janaína Leite, 28 anos, que passa diariamente no local, o que mais gera incômodo não é o lixo. “Esses buracos abertos são perigosos, já vi gente se escondendo de noite para usar drogas e outra vez um homem saiu de lá para assaltar uma menina. Só passo por aqui porque sou obrigada, mas ninguém merece ficar à mercê desses perigos.”

Os buracos a que a recepcionista se refere são grades dos ralos, que escoam a água da avenida quando chove, e tampas de bueiros quebradas. A equipe do Diário esteve no local ontem pela manhã, e observou que uma pessoa consegue entrar facilmente no vão entre as grades quebradas.

Do outro lado da rua, na calçada de uma concessionária de veículos, cerca de três tampas de bocas de lobo estão quebradas. O fundo do esgoto fica visível para quem chega perto, e pedestres precisam tomar cuidado ao passar pelo local.

Questionada, a Prefeitura de São Bernardo informou, por meio da Secretaria de Serviços Urbanos, que o local encontra-se em obras de adequação.

Nos próximos dias, os reparos de responsabilidade da administração serão realizados. Há também manutenções que devem ser feitas pela concessionária que administra a Via Anchieta, que será notificada para executar o serviço.

Quanto à varrição, afirma que “é realizada às segundas, quartas e aos sábados. Portanto, a limpeza está programada para amanhã (hoje)”. 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;