Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 8 de Julho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Ponte Preta derrota Salgueiro fora e garante 2º lugar



29/06/2011 | 00:06


A Ponte Preta segue fazendo uma grande campanha neste início de Série B. Na noite desta terça-feira, o time campineiro venceu o Salgueiro por 3 a 2, no Estádio Ademir Cunha, em Paulista-PE, pela oitava rodada. A quinta vitória da Ponte Preta na competição teve destaque especial para o atacante Ricardo Jesus. Autor de dois gols, ele continua isolado na artilharia da competição, agora com nove gols.

Sem perder desde o dia 27 de maio, quando caiu diante do Vila Nova, por 3 a 1 única derrota na Série B -, a Ponte Preta é a segunda colocada, com 17 pontos, assim como a Portuguesa, mas com menor saldo de gols: 15 a 11. O Salgueiro é o 15.º colocado, com oito pontos, próximo da zona de rebaixamento.

Com o gramado bastante molhado, Salgueiro e Ponte fizeram um primeiro tempo de poucas emoções. O time da casa sentiu falta de um meio-campo criativo, enquanto a Ponte buscou chegar na base da velocidade. Na melhor chance de gol, Ricardo Jesus obrigou o goleiro Marcelo a fazer importante defesa.

Na etapa final, os times resolveram jogar um futebol mais competitivo. Mais atenta, a Ponte abriu o placar logo aos 3 minutos. Guilherme recebeu passe de Ricardo Jesus, invadiu a área e chutou rasteiro no canto direito de Marcelo: 1 a 0.

O Salgueiro não demorou para empatar. Aos 13, Juninho Cearense chutou cruzado e Marcos Tamandaré completou para o gol. A Ponte chegou ao segundo gol aos 20 em cobrança de pênalti. Ricardo Jesus cobrou no ângulo direito de Marcelo.

A vitória dos visitantes se consolidou aos 31. Ricardo Jesus recebeu passe de Renatinho e chutou cruzado para ampliar e marcar seu nono gol em oito jogos. O Salgueiro ainda descontou o placar aos 38 minutos, em um lance bizarro. Josa cobrou lateral para dentro da área da Ponte e contou com uma "ajuda" do goleiro Júlio César, que tentou encaixar e acabou engolindo um frango.

Pela nona rodada, os dois times voltam a campo na próxima sexta-feira. O Salgueiro encara o Boa, às 21 horas, no Estádio Dilson Melo, em Varginha-MG. A Ponte entra em campo diante do Goiás, às 21h50, no Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas.

Ficha Técnica:

Salgueiro 2 x 3 Ponte Preta

Salgueiro - Marcelo; Marcos Tamandaré (Fabrício Ceará), Alemão, Alexandre (Eridon) e Josa; Pio, Diego Paulista, Mateus e Clebson; Edmar (Juninho Cearense) e Fernando. Técnico: Neco.

Ponte Preta - Júlio César; Guilherme, Leandro Silva, Ferrón e Uendel; Xaves, Gerson (Valber), João e Renatinho (Soares); Ricardinho e Ricardo Jesus (Wellington). Técnico: Gilson Kleina.

Gols - Guilherme, aos 3, Marcos Tamandaré, aos 13, Ricardo Jesus, aos 20 (pênalti) e aos 31, e Júlio César (contra), aos 38 minutos do segundo tempo.

Cartões amarelos - Alemão, Ricardinho, Diego Paulista e Pio.

Árbitro - Ítalo Medeiros de Azevedo (RN).

Renda - R$ 42.323,00.

Público - 5.522 pagantes.

Local - Estádio Ademir Cunha, em Paulista (PE).



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Ponte Preta derrota Salgueiro fora e garante 2º lugar


29/06/2011 | 00:06


A Ponte Preta segue fazendo uma grande campanha neste início de Série B. Na noite desta terça-feira, o time campineiro venceu o Salgueiro por 3 a 2, no Estádio Ademir Cunha, em Paulista-PE, pela oitava rodada. A quinta vitória da Ponte Preta na competição teve destaque especial para o atacante Ricardo Jesus. Autor de dois gols, ele continua isolado na artilharia da competição, agora com nove gols.

Sem perder desde o dia 27 de maio, quando caiu diante do Vila Nova, por 3 a 1 única derrota na Série B -, a Ponte Preta é a segunda colocada, com 17 pontos, assim como a Portuguesa, mas com menor saldo de gols: 15 a 11. O Salgueiro é o 15.º colocado, com oito pontos, próximo da zona de rebaixamento.

Com o gramado bastante molhado, Salgueiro e Ponte fizeram um primeiro tempo de poucas emoções. O time da casa sentiu falta de um meio-campo criativo, enquanto a Ponte buscou chegar na base da velocidade. Na melhor chance de gol, Ricardo Jesus obrigou o goleiro Marcelo a fazer importante defesa.

Na etapa final, os times resolveram jogar um futebol mais competitivo. Mais atenta, a Ponte abriu o placar logo aos 3 minutos. Guilherme recebeu passe de Ricardo Jesus, invadiu a área e chutou rasteiro no canto direito de Marcelo: 1 a 0.

O Salgueiro não demorou para empatar. Aos 13, Juninho Cearense chutou cruzado e Marcos Tamandaré completou para o gol. A Ponte chegou ao segundo gol aos 20 em cobrança de pênalti. Ricardo Jesus cobrou no ângulo direito de Marcelo.

A vitória dos visitantes se consolidou aos 31. Ricardo Jesus recebeu passe de Renatinho e chutou cruzado para ampliar e marcar seu nono gol em oito jogos. O Salgueiro ainda descontou o placar aos 38 minutos, em um lance bizarro. Josa cobrou lateral para dentro da área da Ponte e contou com uma "ajuda" do goleiro Júlio César, que tentou encaixar e acabou engolindo um frango.

Pela nona rodada, os dois times voltam a campo na próxima sexta-feira. O Salgueiro encara o Boa, às 21 horas, no Estádio Dilson Melo, em Varginha-MG. A Ponte entra em campo diante do Goiás, às 21h50, no Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas.

Ficha Técnica:

Salgueiro 2 x 3 Ponte Preta

Salgueiro - Marcelo; Marcos Tamandaré (Fabrício Ceará), Alemão, Alexandre (Eridon) e Josa; Pio, Diego Paulista, Mateus e Clebson; Edmar (Juninho Cearense) e Fernando. Técnico: Neco.

Ponte Preta - Júlio César; Guilherme, Leandro Silva, Ferrón e Uendel; Xaves, Gerson (Valber), João e Renatinho (Soares); Ricardinho e Ricardo Jesus (Wellington). Técnico: Gilson Kleina.

Gols - Guilherme, aos 3, Marcos Tamandaré, aos 13, Ricardo Jesus, aos 20 (pênalti) e aos 31, e Júlio César (contra), aos 38 minutos do segundo tempo.

Cartões amarelos - Alemão, Ricardinho, Diego Paulista e Pio.

Árbitro - Ítalo Medeiros de Azevedo (RN).

Renda - R$ 42.323,00.

Público - 5.522 pagantes.

Local - Estádio Ademir Cunha, em Paulista (PE).

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;