Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 7 de Abril

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Nacional

nacional@dgabc.com.br | 4435-8301

São Paulo fica sem radares móveis a partir desta segunda-feira


Do Diário OnLine

26/06/2006 | 11:58


A cidade de São Paulo deve ficar sem a fiscalização eletrônica de velocidade feita pelos radares móveis a partir desta segunda-feira. O motivo é o final do contrato da CET (Companhia de Engenharia de Tráfego) com a empresa privada responsável pela fiscalização. Um novo acordo deve demorar pelo menos dois meses.

A fiscalização eletrônica de velocidade passará a ser feita apenas pelos 40 radares fixos e cem lombadas eletrônicas existentes na cidade, que funcionarão normalmente. Em 2005, eles foram responsáveis por 26% da arrecadação com multas de trânsito da cidade.

Os aparelhos, fixados em 290 pontos diferentes de São Paulo, devem ser retirados a partir da meia noite de segunda-feira. Eles emitem cerca de 40 mil multas por mês.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

São Paulo fica sem radares móveis a partir desta segunda-feira

Do Diário OnLine

26/06/2006 | 11:58


A cidade de São Paulo deve ficar sem a fiscalização eletrônica de velocidade feita pelos radares móveis a partir desta segunda-feira. O motivo é o final do contrato da CET (Companhia de Engenharia de Tráfego) com a empresa privada responsável pela fiscalização. Um novo acordo deve demorar pelo menos dois meses.

A fiscalização eletrônica de velocidade passará a ser feita apenas pelos 40 radares fixos e cem lombadas eletrônicas existentes na cidade, que funcionarão normalmente. Em 2005, eles foram responsáveis por 26% da arrecadação com multas de trânsito da cidade.

Os aparelhos, fixados em 290 pontos diferentes de São Paulo, devem ser retirados a partir da meia noite de segunda-feira. Eles emitem cerca de 40 mil multas por mês.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;