Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 14 de Julho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

soraiapedrozo@dgabc.com.br | 4435-8057

Emprego no Grande ABC sobe 159,12%


Luciele Velluto
Do Diário do Grande ABC

19/03/2008 | 07:00


O número de empregos com carteira assinada deu um salto em fevereiro no Grande ABC. Enquanto no Brasil o crescimento do saldo de vagas no mês passado em comparação ao mesmo período do ano anterior foi de 38,47%, na região a variação foi de 159,12%.

 É o que aponta o balanço do Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados), do Ministério do Trabalho e Emprego. Em fevereiro, o saldo de vagas foi de 4.164, enquanto no mesmo mês de 2007 o resultado era de 1.607.

 Para o coordenador do Observatório Econômico de Santo André, Antonio Carlos Schifino, janeiro já havia sido um mês de bons resultados, mas fevereiro foi excepcional. “Em comparação ao ano passado, o número foi astronômico. São meses de resultados negativos no histórico do Caged, mas que apresentam movimento contrário neste ano. Isso prova que a economia está aquecida e com um crescimento constante”, explica.

 A variação é ainda maior quando comparado o acumulado dos dois primeiros meses com o mesmo intervalo de 2007. Enquanto janeiro e fevereiro acumulam 7.485 empregos nas sete cidades, no ano anterior essa soma era de 2.763, o que resulta em uma diferença de 170,9%.

 Os dados do Grande ABC são muito superiores aos da Região Metropolitana e do Estado. Na comparação entre o segundo mês de 2008 e do ano passado, as cidades da Grande São Paulo conseguiram um incremento no número de vagas de 22,57%, enquanto o Estado obteve alta de 18,27%.

 Nos 12 meses terminados em fevereiro, o incremento foi de 38,9% no Grande ABC, similar aos 40,43% do Brasil e acima dos 30,94% do Estado. Em fevereiro houve 25.399 admissões com carteira assinada no Grande ABC, contra 21.235 dispensas. Em 12 meses foram 273.981 contratações ante as 232.656 demissões na região.


Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Emprego no Grande ABC sobe 159,12%

Luciele Velluto
Do Diário do Grande ABC

19/03/2008 | 07:00


O número de empregos com carteira assinada deu um salto em fevereiro no Grande ABC. Enquanto no Brasil o crescimento do saldo de vagas no mês passado em comparação ao mesmo período do ano anterior foi de 38,47%, na região a variação foi de 159,12%.

 É o que aponta o balanço do Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados), do Ministério do Trabalho e Emprego. Em fevereiro, o saldo de vagas foi de 4.164, enquanto no mesmo mês de 2007 o resultado era de 1.607.

 Para o coordenador do Observatório Econômico de Santo André, Antonio Carlos Schifino, janeiro já havia sido um mês de bons resultados, mas fevereiro foi excepcional. “Em comparação ao ano passado, o número foi astronômico. São meses de resultados negativos no histórico do Caged, mas que apresentam movimento contrário neste ano. Isso prova que a economia está aquecida e com um crescimento constante”, explica.

 A variação é ainda maior quando comparado o acumulado dos dois primeiros meses com o mesmo intervalo de 2007. Enquanto janeiro e fevereiro acumulam 7.485 empregos nas sete cidades, no ano anterior essa soma era de 2.763, o que resulta em uma diferença de 170,9%.

 Os dados do Grande ABC são muito superiores aos da Região Metropolitana e do Estado. Na comparação entre o segundo mês de 2008 e do ano passado, as cidades da Grande São Paulo conseguiram um incremento no número de vagas de 22,57%, enquanto o Estado obteve alta de 18,27%.

 Nos 12 meses terminados em fevereiro, o incremento foi de 38,9% no Grande ABC, similar aos 40,43% do Brasil e acima dos 30,94% do Estado. Em fevereiro houve 25.399 admissões com carteira assinada no Grande ABC, contra 21.235 dispensas. Em 12 meses foram 273.981 contratações ante as 232.656 demissões na região.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;