Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 10 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Moradoras do Camilópolis têm calçada esburacada há mais de 1 mês

Marina Brandão/DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Aposentada diz ter procurado Semasa, que não resolveu problema


Renata Rocha
Especial para o Diário

30/05/2014 | 07:00


Chegar em casa após uma viagem no feriado prolongado e encontrar a calçada toda esburacada. Foi o que aconteceu com a aposentada Geni Feltran, 65. Ela chegou em casa, na Rua Maria Quitéria, no Camilópolis, no dia 8 de Abril, aniversário de Santo André, sem explicações de quem tinha aberto buracos em sua calçada. Após conversar com vizinhos, descobriu que uma equipe do Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André) realizou o serviço com tratores em frente de sua residência.

“Foi uma burocracia. O Semasa disse que não realiza trabalho em feriado e jogou a culpa na Comgás, que mandou um técnico aqui e que disse não ser trabalho deles. Voltei a falar com o Semasa, e eles mandaram equipe para tirar a terra no buraco, mas não arrumaram até hoje (ontem)”, disse Geni.

Duas casas foram afetadas, a de Geni e a de sua mãe, 89, que mora no imóvel ao lado, onde estão dois buracos que foram cimentados, mas continuam baixos e sem o piso. Na frente da residência de Geni há acúmulo de terra, o que leva sujeira para a garagem.

“Ligo sempre para o Semasa, e depois de muito tempo eles disseram que iam abrir ordem de serviço para arrumar. Isso já vai fazer um mês e sempre que ligo eles repetem a mesma informação. É um desrespeito realizar um trabalho desses, que afeta o morador da residência sem autorização”, reclama.

Procurada, a autarquia informou que encaminhou equipe ao local para verificar a situação e a reposição do passeio será executada até hoje.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Moradoras do Camilópolis têm calçada esburacada há mais de 1 mês

Aposentada diz ter procurado Semasa, que não resolveu problema

Renata Rocha
Especial para o Diário

30/05/2014 | 07:00


Chegar em casa após uma viagem no feriado prolongado e encontrar a calçada toda esburacada. Foi o que aconteceu com a aposentada Geni Feltran, 65. Ela chegou em casa, na Rua Maria Quitéria, no Camilópolis, no dia 8 de Abril, aniversário de Santo André, sem explicações de quem tinha aberto buracos em sua calçada. Após conversar com vizinhos, descobriu que uma equipe do Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André) realizou o serviço com tratores em frente de sua residência.

“Foi uma burocracia. O Semasa disse que não realiza trabalho em feriado e jogou a culpa na Comgás, que mandou um técnico aqui e que disse não ser trabalho deles. Voltei a falar com o Semasa, e eles mandaram equipe para tirar a terra no buraco, mas não arrumaram até hoje (ontem)”, disse Geni.

Duas casas foram afetadas, a de Geni e a de sua mãe, 89, que mora no imóvel ao lado, onde estão dois buracos que foram cimentados, mas continuam baixos e sem o piso. Na frente da residência de Geni há acúmulo de terra, o que leva sujeira para a garagem.

“Ligo sempre para o Semasa, e depois de muito tempo eles disseram que iam abrir ordem de serviço para arrumar. Isso já vai fazer um mês e sempre que ligo eles repetem a mesma informação. É um desrespeito realizar um trabalho desses, que afeta o morador da residência sem autorização”, reclama.

Procurada, a autarquia informou que encaminhou equipe ao local para verificar a situação e a reposição do passeio será executada até hoje.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;