Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 5 de Junho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Jorge Mauá realiza sonho

Atacante, que é artilheiro do Brasil, com 24 gols, revela vontade antiga de jogar no São Caetano


Felipe Simões
Do Diário do Grande ABC

23/09/2016 | 07:00


Aos 29 anos, o atacante Jorge Mauá está realizando um de seus sonhos – jogar no São Caetano. Contratado na quarta-feira pelo Azulão, o atleta quer mostrar serviço no clube em que sempre quis atuar e manter seu bom desempenho. Afinal, ele chega com credenciais de peso: é o artilheiro do Brasil em 2016, com 24 gols em 38 jogos.

“É um sonho se realizando poder vestir a camisa do São Caetano. Sou de Mauá e sempre vi o time jogando. É maravilhoso. E hoje tenho a honra de fazer parte do elenco. Sei que o time está montado, mas venho para somar”, afirmou.

“Tenho 24 gols em 38 jogos. É uma marca pessoal muito boa. Vivo de números e de metas e sempre tento ultrapassá-las. Ano passado estava no Nacional (da Capital) e fiz 16 gols, e neste ano estou com 24”, destacou.

O número, no entanto, não é contabilizado para o Prêmio Friedenreich, distribuído pelo programa Globo Esporte, da TV Globo, que contabiliza apenas tentos marcados em competições nacionais, internacionais e a Primeira Divisão de Estaduais. Como ele atuou na Série A-2 do Paulista, pelo Taubaté, com sete gols, e na Segundona, equivalente à Quarta Divisão estadual, pelo Mauaense, com 17 tentos, fica fora da lista. A liderança é dividida entre os atacantes Anselmo, do Fortaleza, e Robinho, do Atlético-MG, que balançaram a rede 23 vezes.

Apesar disso, Jorge Mauá não desanima e coloca um objetivo ainda mais ousado para a reta final da Copa Paulista – anotar mais dez tentos. “Espero chegar a pelo menos 34 ou 35 gols, que seria ideal”, disse esbanjando confiança.

O atacante também fez questão de elogiar os atuais centroavantes do São Caetano com os quais disputará posição – Jô e Naôh. “É um ataque muito bom. Já joguei contra o Jô, não tem o que falar. É acima da média. O Naôh conheci agora, é dedicado. Isso é excelente para o grupo: jogadores que querem vencer e ajudar”, comentou.

Já regularizado, Jorge Mauá é opção para o técnico Luís Carlos Martins na estreia da segunda fase da Copa Paulista, às 10h de domingo, contra o São Paulo, no Morumbi.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Jorge Mauá realiza sonho

Atacante, que é artilheiro do Brasil, com 24 gols, revela vontade antiga de jogar no São Caetano

Felipe Simões
Do Diário do Grande ABC

23/09/2016 | 07:00


Aos 29 anos, o atacante Jorge Mauá está realizando um de seus sonhos – jogar no São Caetano. Contratado na quarta-feira pelo Azulão, o atleta quer mostrar serviço no clube em que sempre quis atuar e manter seu bom desempenho. Afinal, ele chega com credenciais de peso: é o artilheiro do Brasil em 2016, com 24 gols em 38 jogos.

“É um sonho se realizando poder vestir a camisa do São Caetano. Sou de Mauá e sempre vi o time jogando. É maravilhoso. E hoje tenho a honra de fazer parte do elenco. Sei que o time está montado, mas venho para somar”, afirmou.

“Tenho 24 gols em 38 jogos. É uma marca pessoal muito boa. Vivo de números e de metas e sempre tento ultrapassá-las. Ano passado estava no Nacional (da Capital) e fiz 16 gols, e neste ano estou com 24”, destacou.

O número, no entanto, não é contabilizado para o Prêmio Friedenreich, distribuído pelo programa Globo Esporte, da TV Globo, que contabiliza apenas tentos marcados em competições nacionais, internacionais e a Primeira Divisão de Estaduais. Como ele atuou na Série A-2 do Paulista, pelo Taubaté, com sete gols, e na Segundona, equivalente à Quarta Divisão estadual, pelo Mauaense, com 17 tentos, fica fora da lista. A liderança é dividida entre os atacantes Anselmo, do Fortaleza, e Robinho, do Atlético-MG, que balançaram a rede 23 vezes.

Apesar disso, Jorge Mauá não desanima e coloca um objetivo ainda mais ousado para a reta final da Copa Paulista – anotar mais dez tentos. “Espero chegar a pelo menos 34 ou 35 gols, que seria ideal”, disse esbanjando confiança.

O atacante também fez questão de elogiar os atuais centroavantes do São Caetano com os quais disputará posição – Jô e Naôh. “É um ataque muito bom. Já joguei contra o Jô, não tem o que falar. É acima da média. O Naôh conheci agora, é dedicado. Isso é excelente para o grupo: jogadores que querem vencer e ajudar”, comentou.

Já regularizado, Jorge Mauá é opção para o técnico Luís Carlos Martins na estreia da segunda fase da Copa Paulista, às 10h de domingo, contra o São Paulo, no Morumbi.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;