Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 24 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Sinalização falha significa riscos

Andréa Iseki/DGABC  Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Lukas Kenji
Especial para o Diário

12/11/2011 | 07:00


Faixas apagadas, pouca sinalização e 50 quilômetros de velocidade máxima. Essa é a Rua Betania, no Parque Novo Oratório, em Santo André. Com carros passando em alta velocidade, acidentes e atropelamentos são comuns.

Os moradores avisam em faixas colocadas pela rua: "Aqui não é a pista de Interlagos." O aposentado Luiz Carlos de Oliveira Destro, 62 anos, acha que o problema maior é a sinalização falha. "Nossa rua virou avenida. 50 quilômetros são muito."

Nas proximidades da rua existe escola, quadra esportiva e Centro de Reabilitação Municipal, no qual são feitos tratamentos de fisioterapia, entre outros serviços. "Por conta do centro, há muita circulação de cadeirantes. Eles têm que trafegar pela rua, mesmo porque a condição das calçadas é irregular. Com os carros correndo tanto, isso é um perigo para eles", diz Destro.

De acordo com a dona de casa Marilza Vaccaro, 46, outra dor de cabeça são os rachas. "É só passar aqui pela madrugada que você vê um monte de carros correndo. Isso é um absurdo."

A Prefeitura afirma que o Departamento de Segurança de Trânsito vai vistoriar o local e que fará a revitalização de sinalizações horizontais e verticais. Uma das medidas a serem tomadas é a implementação de radares ao longo da rua. Também vai avaliar a diminuição do limite de velocidade.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Sinalização falha significa riscos

Lukas Kenji
Especial para o Diário

12/11/2011 | 07:00


Faixas apagadas, pouca sinalização e 50 quilômetros de velocidade máxima. Essa é a Rua Betania, no Parque Novo Oratório, em Santo André. Com carros passando em alta velocidade, acidentes e atropelamentos são comuns.

Os moradores avisam em faixas colocadas pela rua: "Aqui não é a pista de Interlagos." O aposentado Luiz Carlos de Oliveira Destro, 62 anos, acha que o problema maior é a sinalização falha. "Nossa rua virou avenida. 50 quilômetros são muito."

Nas proximidades da rua existe escola, quadra esportiva e Centro de Reabilitação Municipal, no qual são feitos tratamentos de fisioterapia, entre outros serviços. "Por conta do centro, há muita circulação de cadeirantes. Eles têm que trafegar pela rua, mesmo porque a condição das calçadas é irregular. Com os carros correndo tanto, isso é um perigo para eles", diz Destro.

De acordo com a dona de casa Marilza Vaccaro, 46, outra dor de cabeça são os rachas. "É só passar aqui pela madrugada que você vê um monte de carros correndo. Isso é um absurdo."

A Prefeitura afirma que o Departamento de Segurança de Trânsito vai vistoriar o local e que fará a revitalização de sinalizações horizontais e verticais. Uma das medidas a serem tomadas é a implementação de radares ao longo da rua. Também vai avaliar a diminuição do limite de velocidade.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;