Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 15 de Junho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Dia de Tom Maior na avenida


Maíra Sanches
Do Diário do Grande ABC

04/03/2011 | 07:00


Hoje à noite começam os desfiles do Grupo Especial de São Paulo. A Tom Maior, que homenageia São Bernardo, será a segunda a entrar no Sambódromo do Anhembi, à 0h10. O samba-enredo Salve-Salve São Bernardo, Terra Mãe dos Paulistas foi inspirado na história da cidade, na influência do sindicalismo brasileiro e no ex-presidente Lula.

A escolha do tema ganhou força após o enredo de 2007 abordar o movimento trabalhista, o que logo remeteu à história da cidade, famosa por abrigar movimentos sindicais liderados por Lula. Chico Spinoza, carnavalesco da escola, desenvolveu o enredo em março do ano passado. "Porém, a ideia já surgiu em dezembro de 2009", completou o presidente, Marko Antonio da Silva. Apesar da indefinição a respeito da presença de Lula, a expectativa é de que ele pelo menos assista ao desfile no sambódromo ao lado de amigos e da mulher, Marisa Letícia.

O carro abre-alas vai contar a história dos colonizadores que saíram do Litoral pela Serra do Mar até chegar à Terra Mãe dos Paulistas. Os outros quatro carros da agremiação trarão à avenida partes da história e cultura da cidade. A imigração e o processo de urbanização virá no segundo carro, já os enfeites de vidro e algodão vão representar as águas da Represa Billings, no carro que também retrata a natureza. Cartazes de filmes de Mazzaropi e a Cidade da Criança lembrarão o polo cultural da cidade, que tem relação direta com a Companhia Cinematográfica Vera Cruz, referência no cinema nacional na década de 1950.

Na última alegoria, com lugar reservado para Lula, o prefeito de São Bernardo Luiz Marinho e o vice, Frank Aguiar, carros e máquinas estarão em constante movimento. A alegoria representa a indústria automobilística, já que a região é sede de diversas montadoras.

Para atrair os foliões da região, a escola oferece desconto de 15% na compra de fantasias aos moradores de São Bernardo.

Com um orçamento previsto de R$ 2,1 milhões, a escola colocará na avenida cinco carros alegóricos, 23 alas e 3.100 integrantes, sendo aproximadamente 300 moradores de São Bernardo. O samba-enredo foi criado por Chiquinho LS, César Ramos, Dico Tom 30, Ricardo e J. Osasco.

 

Uso de animais silvestres na avenida causa polêmica

 

A notícia de que a escola levará animais silvestres para a avenida causou polêmica e o caso foi parar no Ministério Público Federal. De acordo com o presidente Marko Antonio da Silva, o carnavalesco Chico Spinoza fez uma brincadeira que foi mal interpretada e a história ganhou grande repercussão na imprensa nos últimos dias. Spinosa comentou com um jornalista que a escola desfilaria com felinos ferozes na avenida - uma suçuarana e uma jaguatirica. "Onde vou arrumar dois animais vivos como estes? São pessoas que vão desfilar fantasiadas", explicou Silva. Agora, porém, ele prefere não se pronunciar. "Que confiram na avenida." Os bichos, segundo o Ibama (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais e Renováveis) estão ameaçados de extinção. O uso de qualquer tipo de animal em eventos é proibido no município de São Paulo.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;