Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 22 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Azulão e Comercial
fazem duelo inédito

Equipes, que se enfrentam no Anacleto Campanella, vêm
de bons resultados e buscam a regularidade no Estadual


Marco Borba
Do Diário do Grande ABC

12/02/2012 | 07:00


Presente e passado se encontram em duelo inédito, às 19h30, no Anacleto Campanella. Pela primeira vez na história, o ainda jovem São Caetano (1989) enfrenta o centenário Comercial (1911). A equipe de Ribeirão Preto ficou 25 anos fora da elite do Paulista e agora busca dias melhores para manter a tradição do interior paulista.

Além do fator histórico, a partida tem outro componente: a falta de regularidade dos dois times. O Azulão passou quatro jogos sem vencer e só quebrou o jejum no meio da semana com os 2 a 1, de virada, sobre o Paulista, em Jundiaí.

O Comercial, por sua vez, está motivado por conta do empate fora de casa contra o São Paulo, tido como um dos favoritos ao título deste ano. Só que a equipe de Ribeirão Preto é instável. Na partida anterior havia perdido em casa para o Mogi Mirim, por 3 a 1.

Mais uma vez o São Caetano terá de superar seus próprios traumas em casa se quiser engatar a segunda vitória consecutiva. Até o momento, nos jogos no Anacleto Campanella, só venceu a Ponte Preta (1 a 0) na estreia e depois empatou com o XV de Piracicaba (1 a 1) e perdeu para o Guarani (1 a 0).

Os tropeços, somados ao jejum de quatro partidas, causaram rumores de que eventual derrota para o Paulista e novo embaraço diante do Comercial poderiam custar a cabeça do técnico Márcio Araújo.

Coincidentemente, após sacar o volante Augusto Recife para a entrada de Kleber, a equipe caiu de produção diante de XV e Bugre. Com o retorno do jogador entre os titulares, porém, a equipe voltou a fazer boa atuação e pela primeira vez venceu fora de casa.

Mais uma vez o treinador são-caetanense não compareceu à sala de imprensa do Anacleto Campanella para falar com jornalistas e dar detalhes sobre a preparação do São Caetano e sua expectativa em relação à partida contra o Comercial.

O Azulão deve ser o mesmo da rodada anterior. O time não tem jogadores suspensos ou lesionados.

O esquema tático será mantido com três volantes. Augusto Recife segue como líbero à frente da zaga. Assim, Anselmo e Moradei terão mais liberdade para atacar. O Comercial deve jogar completo.


Moradei dá receita para time ser forte em casa

Ousadia e diversidade nas jogadas, como aconteceu diante do Paulista, para surpreender o Comercial no Anacleto Campanella. Essa deve ser, na opinião do volante Moradei, a tônica do São Caetano na partida.

Na avaliação do jogador, ex-Corinthians, o Azulão não deve repetir os erros verificados nos confrontos em casa contra o XV de Piracicaba e Guarani, ocasião em que apresentou falta de iniciativa, morosidade nas saídas para o ataque e falta de movimentação.

"Infelizmente, não fomos bem naqueles dois jogos. Ficamos muito atrás. Nas partidas em casa temos de ter mais iniciativa, impor nosso ritmo, mesmo que os adversários venham fechados. Senão, gostam do jogo e vêm para cima", analisou o volante, que tem contrato com o clube do Grande ABC até o fim do ano - emprestado pelo Timão.

Para Moradei, outro ingrediente importante para o São Caetano se dar bem na partida será a marcação. "Contra o Paulista todos ajudaram e isso facilitou o trabalho da equipe como um todo. Temos de seguir assim."

O jogador se disse lisonjeado por poder fazer parte do confronto histórico contra o Comercial. "É a primeira vez que os times se enfrentam? Então temos de fazer nossa parte para deixarmos algo de positivo na história do clube", comentou.

Moradei e Marcelo Costa são os artilheiros do time no Paulista com dois gols.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Azulão e Comercial
fazem duelo inédito

Equipes, que se enfrentam no Anacleto Campanella, vêm
de bons resultados e buscam a regularidade no Estadual

Marco Borba
Do Diário do Grande ABC

12/02/2012 | 07:00


Presente e passado se encontram em duelo inédito, às 19h30, no Anacleto Campanella. Pela primeira vez na história, o ainda jovem São Caetano (1989) enfrenta o centenário Comercial (1911). A equipe de Ribeirão Preto ficou 25 anos fora da elite do Paulista e agora busca dias melhores para manter a tradição do interior paulista.

Além do fator histórico, a partida tem outro componente: a falta de regularidade dos dois times. O Azulão passou quatro jogos sem vencer e só quebrou o jejum no meio da semana com os 2 a 1, de virada, sobre o Paulista, em Jundiaí.

O Comercial, por sua vez, está motivado por conta do empate fora de casa contra o São Paulo, tido como um dos favoritos ao título deste ano. Só que a equipe de Ribeirão Preto é instável. Na partida anterior havia perdido em casa para o Mogi Mirim, por 3 a 1.

Mais uma vez o São Caetano terá de superar seus próprios traumas em casa se quiser engatar a segunda vitória consecutiva. Até o momento, nos jogos no Anacleto Campanella, só venceu a Ponte Preta (1 a 0) na estreia e depois empatou com o XV de Piracicaba (1 a 1) e perdeu para o Guarani (1 a 0).

Os tropeços, somados ao jejum de quatro partidas, causaram rumores de que eventual derrota para o Paulista e novo embaraço diante do Comercial poderiam custar a cabeça do técnico Márcio Araújo.

Coincidentemente, após sacar o volante Augusto Recife para a entrada de Kleber, a equipe caiu de produção diante de XV e Bugre. Com o retorno do jogador entre os titulares, porém, a equipe voltou a fazer boa atuação e pela primeira vez venceu fora de casa.

Mais uma vez o treinador são-caetanense não compareceu à sala de imprensa do Anacleto Campanella para falar com jornalistas e dar detalhes sobre a preparação do São Caetano e sua expectativa em relação à partida contra o Comercial.

O Azulão deve ser o mesmo da rodada anterior. O time não tem jogadores suspensos ou lesionados.

O esquema tático será mantido com três volantes. Augusto Recife segue como líbero à frente da zaga. Assim, Anselmo e Moradei terão mais liberdade para atacar. O Comercial deve jogar completo.


Moradei dá receita para time ser forte em casa

Ousadia e diversidade nas jogadas, como aconteceu diante do Paulista, para surpreender o Comercial no Anacleto Campanella. Essa deve ser, na opinião do volante Moradei, a tônica do São Caetano na partida.

Na avaliação do jogador, ex-Corinthians, o Azulão não deve repetir os erros verificados nos confrontos em casa contra o XV de Piracicaba e Guarani, ocasião em que apresentou falta de iniciativa, morosidade nas saídas para o ataque e falta de movimentação.

"Infelizmente, não fomos bem naqueles dois jogos. Ficamos muito atrás. Nas partidas em casa temos de ter mais iniciativa, impor nosso ritmo, mesmo que os adversários venham fechados. Senão, gostam do jogo e vêm para cima", analisou o volante, que tem contrato com o clube do Grande ABC até o fim do ano - emprestado pelo Timão.

Para Moradei, outro ingrediente importante para o São Caetano se dar bem na partida será a marcação. "Contra o Paulista todos ajudaram e isso facilitou o trabalho da equipe como um todo. Temos de seguir assim."

O jogador se disse lisonjeado por poder fazer parte do confronto histórico contra o Comercial. "É a primeira vez que os times se enfrentam? Então temos de fazer nossa parte para deixarmos algo de positivo na história do clube", comentou.

Moradei e Marcelo Costa são os artilheiros do time no Paulista com dois gols.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;