Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 27 de Fevereiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

|

Brasil já vai à guerra

O sucesso de Juca Chaves já tem quase 50 anos, mas se repete periodicamente


Carlos Brickmann

28/12/2008 | 00:00


O sucesso de Juca Chaves já tem quase 50 anos, mas se repete periodicamente. De lá para cá, já compramos uma tremenda sucata da Marinha francesa, o porta-aviões Foch, produzido há meio século, que em vez de ir para o ferro-velho veio para o Brasil. E, equipado com caças Skyhawk, que pararam de ser fabricados há 30 anos, transformou-se no São Paulo.

E agora, com a negociação do sugestivo número de 51 helicópteros, mais quatro submarinos, mais a tecnologia para acelerar a construção pela Marinha de um submarino nuclear, tudo acertado com o presidente francês Sarkozy, as coisas irão mudar? Depende: não há verbas previstas no orçamento militar do ano que vem. Os atuais navios e aviões da Marinha brasileira, pela falta de recursos para peças, combustíveis e munições, não podem se movimentar muito. As verbas militares são pequenas, pouco superiores ao necessário para pagar o pessoal. E o acordo com a França prevê o gasto de 8,6 bilhões de euros.

Detalhe importante: não basta construir os helicópteros e submarinos, nem equipá-los convenientemente. É essencial ter recursos para treinar os pilotos, manter o equipamento em atividade, gastar mísseis em exercícios de tiro.

Tudo aponta para mais um factóide - uma história bonita, mas que não se torna real por falta de dinheiro. Talvez seja melhor assim: há 50 anos, nos tempos do Brasil já vai à Guerra, o sucesso de Juca Chaves, o Brasil gastou 82 bilhões de cruzeiros. Hoje seriam uns US$ 13 bilhões, só para começar a conversa. S

ERRO ESSENCIAL
Já existe a Polícia Legislativa (aquela que, há pouco tempo, agrediu um repórter de O Estado de S.Paulo na entrada do plenário do Senado). Mas a Câmara Federal quer mais: contratou seguranças. Em princípio, tudo bem: existem alguns senhores lá dentro que é bom ter policiais por perto. O problema é que esses policiais e seguranças estão lá não para vigiar esse povo, mas para protegê-lo.

GÁS LÁ EM CIMA!
O premiê da Rússia, Vladimir Putin, garantiu que a era do gás natural barato "está chegando ao fim". A Rússia tem pouco mais de um quarto das reservas mundiais de gás natural. De acordo com Putin, não é só o gás que vai subir: o mesmo acontecerá com todos os recursos energéticos. Motivo da previsão de alta, segundo Putin: os gastos para desenvolver os campos de gás e petróleo "estão subindo enormemente".

MAROLONA
Gente de fora do governo, mas próxima ao presidente Lula, está convencida de que o ministro da Fazenda, Guido Mantega, venceu a batalha: se não há sentido em fazer conviver juros altos e uma política frouxa de gastos oficiais, que se mantenha alta a despesa do governo e caiam os juros - o que, na opinião de Lula, que coincide com a de Mantega, é essencial para combater a crise econômica.

Em princípio, isso significa que o presidente do Banco Central, Henrique Meirelles, será pressionado para baixar - substancialmente, rapidamente - os juros, e tendo seu cargo em jogo. Na prática, pode ser diferente: Lula já esteve irritado com Meirelles, mas acabou considerando que mantê-lo a seu lado é melhor do que perdê-lo. Sua saída pode ser mal interpretada nos mercados mundiais.

PEGANDO FOGO...
A Justiça autorizou e os discos rígidos de computador apreendidos num armário no apartamento do banqueiro Daniel Dantas vão para os Estados Unidos, onde tentarão decifrá-los. Os discos rígidos, apreendidos na Operação Satiagraha, estão em código e os peritos brasileiros não conseguiram abri-los. O advogado de Dantas, Nélio Machado, diz que não há nos discos nada que comprometa seu cliente; há quem acredite que, se houvesse dados comprometedores nos discos, Dantas não os guardaria em sua própria casa. Mas há esperanças de que, decifrados os discos, surjam novas informações de importância a respeito do banco Opportunity, de seus investimentos, clientes e administradores.

...MAS NÃO AGORA
De qualquer forma, as novidades não são para já. Duzentos discos rígidos, mesmo se decifrados rapidamente, exigirão várias semanas de análise.

ORGASMO DOS OUTROS
A Câmara Municipal de Guaratinguetá, interior do Estado, está discutindo a criação do Dia do Orgasmo, a ser comemorado em 9 de maio. O projeto é do vereador petista Otávio Falcão. Ele explica: "Nove de Maio seria o dia para o cidadão de Guaratinguetá parar e refletir sobre questões como repressão sexual, orgasmo, machismo, ejaculação precoce, impotência masculina. Guaratinguetá é uma cidade machista. A mulher não é só proibida do orgasmo doméstico, como também não tem o gozo da política, afinal não tem nenhuma vereadora aqui na cidade".



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Brasil já vai à guerra

O sucesso de Juca Chaves já tem quase 50 anos, mas se repete periodicamente

Carlos Brickmann

28/12/2008 | 00:00


O sucesso de Juca Chaves já tem quase 50 anos, mas se repete periodicamente. De lá para cá, já compramos uma tremenda sucata da Marinha francesa, o porta-aviões Foch, produzido há meio século, que em vez de ir para o ferro-velho veio para o Brasil. E, equipado com caças Skyhawk, que pararam de ser fabricados há 30 anos, transformou-se no São Paulo.

E agora, com a negociação do sugestivo número de 51 helicópteros, mais quatro submarinos, mais a tecnologia para acelerar a construção pela Marinha de um submarino nuclear, tudo acertado com o presidente francês Sarkozy, as coisas irão mudar? Depende: não há verbas previstas no orçamento militar do ano que vem. Os atuais navios e aviões da Marinha brasileira, pela falta de recursos para peças, combustíveis e munições, não podem se movimentar muito. As verbas militares são pequenas, pouco superiores ao necessário para pagar o pessoal. E o acordo com a França prevê o gasto de 8,6 bilhões de euros.

Detalhe importante: não basta construir os helicópteros e submarinos, nem equipá-los convenientemente. É essencial ter recursos para treinar os pilotos, manter o equipamento em atividade, gastar mísseis em exercícios de tiro.

Tudo aponta para mais um factóide - uma história bonita, mas que não se torna real por falta de dinheiro. Talvez seja melhor assim: há 50 anos, nos tempos do Brasil já vai à Guerra, o sucesso de Juca Chaves, o Brasil gastou 82 bilhões de cruzeiros. Hoje seriam uns US$ 13 bilhões, só para começar a conversa. S

ERRO ESSENCIAL
Já existe a Polícia Legislativa (aquela que, há pouco tempo, agrediu um repórter de O Estado de S.Paulo na entrada do plenário do Senado). Mas a Câmara Federal quer mais: contratou seguranças. Em princípio, tudo bem: existem alguns senhores lá dentro que é bom ter policiais por perto. O problema é que esses policiais e seguranças estão lá não para vigiar esse povo, mas para protegê-lo.

GÁS LÁ EM CIMA!
O premiê da Rússia, Vladimir Putin, garantiu que a era do gás natural barato "está chegando ao fim". A Rússia tem pouco mais de um quarto das reservas mundiais de gás natural. De acordo com Putin, não é só o gás que vai subir: o mesmo acontecerá com todos os recursos energéticos. Motivo da previsão de alta, segundo Putin: os gastos para desenvolver os campos de gás e petróleo "estão subindo enormemente".

MAROLONA
Gente de fora do governo, mas próxima ao presidente Lula, está convencida de que o ministro da Fazenda, Guido Mantega, venceu a batalha: se não há sentido em fazer conviver juros altos e uma política frouxa de gastos oficiais, que se mantenha alta a despesa do governo e caiam os juros - o que, na opinião de Lula, que coincide com a de Mantega, é essencial para combater a crise econômica.

Em princípio, isso significa que o presidente do Banco Central, Henrique Meirelles, será pressionado para baixar - substancialmente, rapidamente - os juros, e tendo seu cargo em jogo. Na prática, pode ser diferente: Lula já esteve irritado com Meirelles, mas acabou considerando que mantê-lo a seu lado é melhor do que perdê-lo. Sua saída pode ser mal interpretada nos mercados mundiais.

PEGANDO FOGO...
A Justiça autorizou e os discos rígidos de computador apreendidos num armário no apartamento do banqueiro Daniel Dantas vão para os Estados Unidos, onde tentarão decifrá-los. Os discos rígidos, apreendidos na Operação Satiagraha, estão em código e os peritos brasileiros não conseguiram abri-los. O advogado de Dantas, Nélio Machado, diz que não há nos discos nada que comprometa seu cliente; há quem acredite que, se houvesse dados comprometedores nos discos, Dantas não os guardaria em sua própria casa. Mas há esperanças de que, decifrados os discos, surjam novas informações de importância a respeito do banco Opportunity, de seus investimentos, clientes e administradores.

...MAS NÃO AGORA
De qualquer forma, as novidades não são para já. Duzentos discos rígidos, mesmo se decifrados rapidamente, exigirão várias semanas de análise.

ORGASMO DOS OUTROS
A Câmara Municipal de Guaratinguetá, interior do Estado, está discutindo a criação do Dia do Orgasmo, a ser comemorado em 9 de maio. O projeto é do vereador petista Otávio Falcão. Ele explica: "Nove de Maio seria o dia para o cidadão de Guaratinguetá parar e refletir sobre questões como repressão sexual, orgasmo, machismo, ejaculação precoce, impotência masculina. Guaratinguetá é uma cidade machista. A mulher não é só proibida do orgasmo doméstico, como também não tem o gozo da política, afinal não tem nenhuma vereadora aqui na cidade".

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;