Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 21 de Setembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Ouvidoria tem número 20% maior de processos resolvidos


Natália Fernandjes
Do Diário do Grande ABC

16/06/2017 | 07:00


 O número de processos resolvidos pela Ouvidoria Municipal de Santo André nos primeiros cinco meses do ano teve alta de 20% em relação ao mesmo período de 2016. Levantamento divulgado pelo órgão público, responsável por colher os problemas apontados pelos moradores da cidade e encaminhá-los à administração, destaca que saltou de 264 para 317 a quantidade de requerimentos solucionados até maio.

Dos 2.896 acionamentos realizados pela comunidade entre janeiro e maio pelos diversos meios de comunicação (internet, telefone, e-mail, pessoalmente, via carta ou fax), 41,5% resultaram em processos abertos (1.202) e 58,5% foram resolvidos com orientação (1.696). No mesmo período de 2016, foram contabilizados 3.739 acionamentos, sendo que foram abertos 1.202 processos e prestadas 2.295 orientações.

Conforme explica o ouvidor municipal, José Luiz Ribas Junior, a tendência é que seja ampliada a quantidade de orientações, tendo em vista que muitos acionamentos são resolvidos apenas com o direcionamento certo ao munícipe. “A ouvidoria tem duas vertentes: atender o munícipe, que vem exigir um direito e não pedir favor, e encaminhar a demanda ao Executivo para que seja solucionada”, explica.

O sucesso do trabalho, conforme Ribas, depende da parceria e da compreensão do poder público a respeito da importância do órgão. “Não somos pedra no sapato da administração, inclusive damos oportunidade de a Prefeitura observar os gargalos existentes na cidade. Além disso, é importante dar esse retorno para a população”, acredita.

Um dos números destacados pelo ouvidor é o índice de resposta por parte da Prefeitura ao munícipe, na casa dos 93%. “Temos prazo de 20 dias para dar um retorno à população e cobramos mensalmente da administração uma posição para estes casos que ficam pendentes”, destaca.

Entre os serviços mais demandados pela comunidade andreense, destaque para os relacionados à Pasta responsável pela manutenção de serviços urbanos, o correspondente a 36,6% do total de acionamentos (1.060 chamados). Os problemas da área de Saúde ocupam o segundo posto da lista, com 547 reclamações, e as questões de gestão financeira estão na terceira colocação.

“Nossa meta é continuar a fazer com que a ouvidoria seja conhecida pela população. Quando chegamos (em março de 2014), as demandas só podiam ser feitas pelo telefone ou pessoalmente. Neste período, já implantamos os meios digitais, a ouvidoria itinerante, o aplicativo”, ressalta Ribas.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;