Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 20 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Com mistão, Corinthians defende invencibilidade em clássico contra o Santos

Agência Corinthians/Divulgação  Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra


06/03/2016 | 07:00


Caberá a um time mesclado entre reservas e titulares a tarefa de manter a invencibilidade de nove jogos oficiais do Corinthians na temporada, neste domingo, às 16 horas, contra o Santos, na Vila Belmiro, pela oitava rodada do Campeonato Paulista.

A tarefa deve ser o mais duro desafio que o time misto do Corinthians terá neste início de temporada porque o Santos vai jogar com o que tem de melhor, incluindo o meia Lucas Lima e o atacante Ricardo Oliveira, convocados na última quinta-feira para os jogos da seleção brasileira contra Uruguai e Paraguai, pelas Eliminatórias da Copa.

O Corinthians joga o clássico com a cabeça no jogo da próxima quarta-feira, contra o Cerro Porteño, pela Libertadores. Por isso, os atletas mais desgastados ganharão descanso. Não será a primeira vez que Tite poupará jogadores do Paulista e, até agora, quem entrou deu conta do recado.

Foi assim nas vitórias contra Capivariano e São Paulo, no Itaquerão, e no empate diante do São Bento, em Sorocaba. O time se comportou bem, foi elogiado por Tite e alguns jogadores acabaram virando titulares. São os casos de Giovanni Augusto, Guilherme e André.

Danilo, que iniciou o ano como titular, agora é reserva. Neste domingo ele estará em campo e ainda ganhou a braçadeira de capitão de Tite. Experiente, terá o papel de segurar a bola no ataque. Com 1,86m, também é peça fundamental nas jogadas áreas.

A força desse Corinthians versão 2016 está no equilíbrio tático da equipe. Mesmo depois da saída de seis titulares (Gil, Ralf, Renato Augusto, Jadson, Malcom e Vagner Love), Tite manteve o esquema 4-1-4-1 e fez com que os jogadores contratados esse ano se encaixassem no estilo seu jogo. A equipe continua forte defensivamente. Nos nove jogos oficiais disputados até aqui, em apenas três a defesa foi vazada.

Neste domingo, a estratégia será a mesma das outras partidas do ano. O time fechará os espaços na defesa e buscará ser eficiente no ataque para não vacilar quando o adversário der alguma brecha. Mesmo se for apenas uma. Das sete vitórias do time na temporada, cinco foram por 1 a 0.

No Santos, a vitória no clássico representa o ponto final em uma semana problemática, marcada por muitos "tumultos extracampo" na definição do técnico Dorival Junior. Rumores sobre um clima ruim entre os jogadores e a diretoria por causa da permanência de Ricardo Oliveira - o jogador queria se transferir para o futebol chinês - e também pelo atraso no pagamento dos direitos de imagem - os pagamentos foram feitos na sexta-feira - deixaram o ambiente intranquilo.

"Existem pessoas que não querem que as coisas fluam", disse Dorival sem dar detalhes.

Dentro de campo, o Santos terá time completo. O próprio Ricardo Oliveira se recuperou de dores no joelho direito, e treinou normalmente. Seu companheiro será Gabriel; Serginho continua como meia, fazendo a função que era de Marquinhos Gabriel em 2015.

Na defesa, Victor Ferraz deve ficar no banco depois de se recuperar uma lesão muscular na coxa esquerda. Sua última partida foi a final da Copa do Brasil, contra o Palmeiras. "Vamos tentar adivinhar o que o Tite vai fazer e explorar determinadas situações", diz o treinador.



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;