Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 8 de Julho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

|

Sucesso ou demissão


Do Diário OnLine

03/06/2016 | 07:00


Mais do que a conquista da Copa América Centenário nos Estados Unidos a Seleção Brasileira precisa persuadir a imprensa e a opinião pública. Se continuar jogando sem convencer e não chegar à final, é bem possível que o treinador Dunga seja demitido.

Se o Brasil jogar bem, vencer, a começar pela partida de estreia contra o Equador, amanhã, restabelecer o prestígio internacional, que está no esgoto, o técnico ganhará sobrevida.

Sem querer defender Dunga, até porque ele não merece, a sua demissão, caso o Brasil não vença a Copa América Centenário, é a atitude mais cômoda para a cartolagem. É assim, desde sempre, quando os dirigentes não conseguem administrar momentos negativos e situações desfavoráveis.

No amistoso contra o Panamá, disputado no domingo, não se viu brilho, mas, sim, momentos positivos em time que não se repete, não tem entrosamento nem tática confiável.

Dunga vai depender mais do que nunca da categoria individual dos seus jogadores. Pode ser que a convocação do são-paulino Paulo Henrique Ganso, inquestionavelmente um talento, resolva carência no meio de campo, setor vital de qualquer equipe.

Se o Brasil vencer e convencer no primeiro confronto, às 23h de Brasília, pode ganhar moral e embalar na competição.

Sem esquecer que as seleções da Argentina, Chile e Uruguai atravessam momento mais feliz. Mas a vez da Seleção Brasileira também pode ter upgrade.

Propostas

Geralmente, a CBF e algumas federações tentam fazer estardalhaço com medidas que julgam impactantes sob o ponto de vista do marketing. Até agora ainda não se viu, objetivamente, qualquer proposta de apoio aos milhares de clubes profissionais do Interior do Brasil que não têm sequer calendário.

Continuamos esperando...



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Sucesso ou demissão

Do Diário OnLine

03/06/2016 | 07:00


Mais do que a conquista da Copa América Centenário nos Estados Unidos a Seleção Brasileira precisa persuadir a imprensa e a opinião pública. Se continuar jogando sem convencer e não chegar à final, é bem possível que o treinador Dunga seja demitido.

Se o Brasil jogar bem, vencer, a começar pela partida de estreia contra o Equador, amanhã, restabelecer o prestígio internacional, que está no esgoto, o técnico ganhará sobrevida.

Sem querer defender Dunga, até porque ele não merece, a sua demissão, caso o Brasil não vença a Copa América Centenário, é a atitude mais cômoda para a cartolagem. É assim, desde sempre, quando os dirigentes não conseguem administrar momentos negativos e situações desfavoráveis.

No amistoso contra o Panamá, disputado no domingo, não se viu brilho, mas, sim, momentos positivos em time que não se repete, não tem entrosamento nem tática confiável.

Dunga vai depender mais do que nunca da categoria individual dos seus jogadores. Pode ser que a convocação do são-paulino Paulo Henrique Ganso, inquestionavelmente um talento, resolva carência no meio de campo, setor vital de qualquer equipe.

Se o Brasil vencer e convencer no primeiro confronto, às 23h de Brasília, pode ganhar moral e embalar na competição.

Sem esquecer que as seleções da Argentina, Chile e Uruguai atravessam momento mais feliz. Mas a vez da Seleção Brasileira também pode ter upgrade.

Propostas

Geralmente, a CBF e algumas federações tentam fazer estardalhaço com medidas que julgam impactantes sob o ponto de vista do marketing. Até agora ainda não se viu, objetivamente, qualquer proposta de apoio aos milhares de clubes profissionais do Interior do Brasil que não têm sequer calendário.

Continuamos esperando...

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;