Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 9 de Julho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

MRV/Minas está perto de voltar a defender S.Bernardo


Nilton Valentim
Do Diário do Grande ABC

01/08/2002 | 01:08


São Bernardo deve confirmar nesta quinta a parceria com o time de vôlei feminino do MRV/Minas, atual campeão da Superliga e vencedor do Campeonato Paulista de 2000, também por São Bernardo. As duas partes confirmaram nesta quarta a negociação que, para ser oficializada, depende do resultado de uma reunião com o presidente da Federação Paulista de Vôlei, Renato Pera, marcada para a tarde desta quinta.

“Eu diria que estamos com 99% acertados”, disse o diretor de esportes competitivos da cidade, José Hélio Colin, o Zélio. Do lado mineiro do negócio, a probabilidade de o acordo ser realizado é ainda maior. “Eu diria que tudo está 99,9% bem acertadinho”, afirmou o diretor de Marketing da MRV Construtora, Rômulo Moreira.

A união entre o MRV e São Bernardo foi realizada pela primeira vez em 2000 e deu certo. Naquele ano, o time conquistou o Campeonato Paulista e foi vice nos Jogos Abertos do Interior. Desta vez, se a parceria realmente for reatada, deverá seguir os mesmos moldes de dois anos atrás: o MRV disputará o Campeonato Paulista, três torneios (Grand Prix) que ocorrerão neste período e os Jogos Abertos do Interior em Franca. Depois, retorna para Belo Horizonte e volta a representar o Minas Tênis Clube.

De acordo com Zélio, na reunião desta quinta na Federação Paulista serão negociados os valores das taxas e também a possibilidade de um vínculo maior com o MRV. “Queremos que essa parceria tenha uma maior longevidade, até para ter uma empatia maior com a cidade”, disse.

Assim como em 2000, São Bernardo ficará responsável pela infra-estrutura (ginásio, transporte, local de treinamentos, taxas etc.) e o MRV banca as despesas de salário das atletas.

Comandado pelo técnico Antonio Rizolla, que já passou por São Caetano e foi campeão mundial com a Seleção Brasileira Juvenil em 2001, o MRV possui um elenco formado por jogadoras de ponta.

Entre os destaques do grupo estão a levantadora Fofão, a meio-de-rede Angela Moraes, e as atacantes Elisângela, Érika e a romena Cristina Pirv. Atualmente, a equipe disputa a Salonpas Cup, em Fortaleza.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

MRV/Minas está perto de voltar a defender S.Bernardo

Nilton Valentim
Do Diário do Grande ABC

01/08/2002 | 01:08


São Bernardo deve confirmar nesta quinta a parceria com o time de vôlei feminino do MRV/Minas, atual campeão da Superliga e vencedor do Campeonato Paulista de 2000, também por São Bernardo. As duas partes confirmaram nesta quarta a negociação que, para ser oficializada, depende do resultado de uma reunião com o presidente da Federação Paulista de Vôlei, Renato Pera, marcada para a tarde desta quinta.

“Eu diria que estamos com 99% acertados”, disse o diretor de esportes competitivos da cidade, José Hélio Colin, o Zélio. Do lado mineiro do negócio, a probabilidade de o acordo ser realizado é ainda maior. “Eu diria que tudo está 99,9% bem acertadinho”, afirmou o diretor de Marketing da MRV Construtora, Rômulo Moreira.

A união entre o MRV e São Bernardo foi realizada pela primeira vez em 2000 e deu certo. Naquele ano, o time conquistou o Campeonato Paulista e foi vice nos Jogos Abertos do Interior. Desta vez, se a parceria realmente for reatada, deverá seguir os mesmos moldes de dois anos atrás: o MRV disputará o Campeonato Paulista, três torneios (Grand Prix) que ocorrerão neste período e os Jogos Abertos do Interior em Franca. Depois, retorna para Belo Horizonte e volta a representar o Minas Tênis Clube.

De acordo com Zélio, na reunião desta quinta na Federação Paulista serão negociados os valores das taxas e também a possibilidade de um vínculo maior com o MRV. “Queremos que essa parceria tenha uma maior longevidade, até para ter uma empatia maior com a cidade”, disse.

Assim como em 2000, São Bernardo ficará responsável pela infra-estrutura (ginásio, transporte, local de treinamentos, taxas etc.) e o MRV banca as despesas de salário das atletas.

Comandado pelo técnico Antonio Rizolla, que já passou por São Caetano e foi campeão mundial com a Seleção Brasileira Juvenil em 2001, o MRV possui um elenco formado por jogadoras de ponta.

Entre os destaques do grupo estão a levantadora Fofão, a meio-de-rede Angela Moraes, e as atacantes Elisângela, Érika e a romena Cristina Pirv. Atualmente, a equipe disputa a Salonpas Cup, em Fortaleza.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;