Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 18 de Fevereiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Galo tem jogo decisivo contra Coritiba para evitar a queda


Renan Cacioli
Do Diário do Grande ABC

20/11/2005 | 09:32


Ganhar do Fluminense, no Rio, na última rodada, foi o primeiro grande passo do Atlético-MG para tentar sair da zona do rebaixamento. Hoje, a missão aparentemente impossível do Galo tem novo e decisivo capítulo: superar, em casa, o Coritiba, outro candidato à Série B em 2006. É o jogo dos penúltimos colocados da tabela, os mineiros, com 40 pontos, contra os primeiros a aparecerem na lista da degola, os curitibanos, com 45. O jogo no Mineirão começa às 16h.

A briga para fugir do caldeirão que levará quatro times ao descenso, aliás, tem outros duelos fundamentais na antepenúltima rodada do Brasileirão. O Paysandu, antepenúltimo colocado, com 41 pontos, vai até São Januário, às 16h, encarar um ressentido Vasco que foi humilhado em Florianópolis por 5 a 1. Com 49 pontos, os cariocas também permanecem em estado de alerta, já que encontram-se somente quatro pontos a frente do Coritiba. “O time não pode se desconcentrar mais. O que aconteceu contra o Figueirense foi um acidente”, afirmou o técnico vascaíno Renato Gaúcho.

Outra equipe do Rio que não pode dormir no ponto é o Flamengo. Freqüentador das últimas colocações da tabela durante algumas rodadas, as seis partidas de invencibilidade sob o comando do treinador Joel Santana colocaram os rubro-negros na 16ª posição, com 48 pontos. Neste domingo, às 16h, no estádio Pinheirão, o desafio será diante do Paraná, sétimo colocado com 58 pontos e praticamente assegurado na Copa Sul-Americana do ano que vem. Joel confia na pontaria do atacante paraguaio Ramirez, autor de dois na vitória por 3 a 0 sobre o Fortaleza na última rodada.

Briga diferente – Tem jogo decisivo também no lado de cima da tabela. Após tropeçar em casa para o Atlético-MG, o Fluminense quer reverter o quadro e se dar bem em Fortaleza, contra os donos da casa, às 18h10. Quarto colocado, com 68 pontos, o Flu mantém quatro pontos de vantagem sobre o Palmeiras na briga acirrada pela vaga na Copa Libertadores. Já os cearenses, com 49 pontos, desejam retornar ao grupo da Copa Sul-Americana.

Com remotas chances de estar entre os classificados à Libertadores, o Cruzeiro, com 60 pontos, joga suas últimas fichas no estádio Luso-Brasileiro, às 18h10, contra o tranqüilo Botafogo, que apenas administra seu lugar na Copa Sul-Americana de 2006. Os cariocas têm 53 pontos e dependem somente das próprias forças para retornar a um campeonato internacional.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Galo tem jogo decisivo contra Coritiba para evitar a queda

Renan Cacioli
Do Diário do Grande ABC

20/11/2005 | 09:32


Ganhar do Fluminense, no Rio, na última rodada, foi o primeiro grande passo do Atlético-MG para tentar sair da zona do rebaixamento. Hoje, a missão aparentemente impossível do Galo tem novo e decisivo capítulo: superar, em casa, o Coritiba, outro candidato à Série B em 2006. É o jogo dos penúltimos colocados da tabela, os mineiros, com 40 pontos, contra os primeiros a aparecerem na lista da degola, os curitibanos, com 45. O jogo no Mineirão começa às 16h.

A briga para fugir do caldeirão que levará quatro times ao descenso, aliás, tem outros duelos fundamentais na antepenúltima rodada do Brasileirão. O Paysandu, antepenúltimo colocado, com 41 pontos, vai até São Januário, às 16h, encarar um ressentido Vasco que foi humilhado em Florianópolis por 5 a 1. Com 49 pontos, os cariocas também permanecem em estado de alerta, já que encontram-se somente quatro pontos a frente do Coritiba. “O time não pode se desconcentrar mais. O que aconteceu contra o Figueirense foi um acidente”, afirmou o técnico vascaíno Renato Gaúcho.

Outra equipe do Rio que não pode dormir no ponto é o Flamengo. Freqüentador das últimas colocações da tabela durante algumas rodadas, as seis partidas de invencibilidade sob o comando do treinador Joel Santana colocaram os rubro-negros na 16ª posição, com 48 pontos. Neste domingo, às 16h, no estádio Pinheirão, o desafio será diante do Paraná, sétimo colocado com 58 pontos e praticamente assegurado na Copa Sul-Americana do ano que vem. Joel confia na pontaria do atacante paraguaio Ramirez, autor de dois na vitória por 3 a 0 sobre o Fortaleza na última rodada.

Briga diferente – Tem jogo decisivo também no lado de cima da tabela. Após tropeçar em casa para o Atlético-MG, o Fluminense quer reverter o quadro e se dar bem em Fortaleza, contra os donos da casa, às 18h10. Quarto colocado, com 68 pontos, o Flu mantém quatro pontos de vantagem sobre o Palmeiras na briga acirrada pela vaga na Copa Libertadores. Já os cearenses, com 49 pontos, desejam retornar ao grupo da Copa Sul-Americana.

Com remotas chances de estar entre os classificados à Libertadores, o Cruzeiro, com 60 pontos, joga suas últimas fichas no estádio Luso-Brasileiro, às 18h10, contra o tranqüilo Botafogo, que apenas administra seu lugar na Copa Sul-Americana de 2006. Os cariocas têm 53 pontos e dependem somente das próprias forças para retornar a um campeonato internacional.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;