Fechar
Publicidade

Domingo, 19 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Acusado de pedofilia é preso pela Polícia Militar no Rudge Ramos


Yara Ferraz
Do Diário do Grande ABC

28/11/2014 | 07:00


O segurança Willian da Silva Siotti, 34 anos, foi preso ontem no Rudge Ramos, em São Bernardo, autuado em flagrante por pedofilia. Segundo o relato de uma criança de 7 anos, ele teria tocado nela quando estava dentro de uma loja.

Conforme explicou a mãe da menina, 39 anos, ela contou o que aconteceu após ambas terem saído do comércio, por volta das 13h. “Ele também estava lá como cliente, vendo algumas coisas. Quando cheguei à porta da loja, minha filha me disse que ele pegou nela e depois deu uma piscada. Assim que ela me falou, encontrei policiais que estavam fazendo a ronda pelo bairro e avisei do que tinha acontecido”, disse.

Ele foi encontrado na Rua Reginata Duca e preso pelos policiais militares da 2º Companhia do 6º Batalhão, que faziam o patrulhamento na região. Segundo os agentes, o segurança admitiu que tinha tocado na criança. Siotti, que atualmente residia na Pauliceia, já tinha cumprido pena em regime fechado por estupro.

De acordo com os policiais, no celular dele foram encontradas fotos e vídeos de crianças com conotação sexual. Ele também fazia contato com menores de idade por meio do aplicativo de mensagens WhatsApp e mantinha perfil falso no Facebook para atrair crianças e jovens.

O boletim de ocorrência foi registrado no 2º DP (Rudge Ramos) da cidade. Siotti foi encaminhado para o CDP (Centro de Detenção Provisória) de São Bernardo.

A mãe relatou que ficou aliviada com a ação dos policiais e a prisão do acusado. “Fica a sensação de missão cumprida, que esse rapaz fique longe de crianças”, disse. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Acusado de pedofilia é preso pela Polícia Militar no Rudge Ramos

Yara Ferraz
Do Diário do Grande ABC

28/11/2014 | 07:00


O segurança Willian da Silva Siotti, 34 anos, foi preso ontem no Rudge Ramos, em São Bernardo, autuado em flagrante por pedofilia. Segundo o relato de uma criança de 7 anos, ele teria tocado nela quando estava dentro de uma loja.

Conforme explicou a mãe da menina, 39 anos, ela contou o que aconteceu após ambas terem saído do comércio, por volta das 13h. “Ele também estava lá como cliente, vendo algumas coisas. Quando cheguei à porta da loja, minha filha me disse que ele pegou nela e depois deu uma piscada. Assim que ela me falou, encontrei policiais que estavam fazendo a ronda pelo bairro e avisei do que tinha acontecido”, disse.

Ele foi encontrado na Rua Reginata Duca e preso pelos policiais militares da 2º Companhia do 6º Batalhão, que faziam o patrulhamento na região. Segundo os agentes, o segurança admitiu que tinha tocado na criança. Siotti, que atualmente residia na Pauliceia, já tinha cumprido pena em regime fechado por estupro.

De acordo com os policiais, no celular dele foram encontradas fotos e vídeos de crianças com conotação sexual. Ele também fazia contato com menores de idade por meio do aplicativo de mensagens WhatsApp e mantinha perfil falso no Facebook para atrair crianças e jovens.

O boletim de ocorrência foi registrado no 2º DP (Rudge Ramos) da cidade. Siotti foi encaminhado para o CDP (Centro de Detenção Provisória) de São Bernardo.

A mãe relatou que ficou aliviada com a ação dos policiais e a prisão do acusado. “Fica a sensação de missão cumprida, que esse rapaz fique longe de crianças”, disse. 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;