Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 30 de Março

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Morumbi vê dérbi em alta tensão

Felipe Espindola / saopaulofc.net Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Com péssimo retrospecto em clássicos, Tricolor recebe o Timão na ida da semifinal do Paulistão


Anderson Fattori
Do Diário do Grande ABC

25/03/2018 | 07:00


São Paulo e Corinthians começam a decidir hoje, às 16h, no Morumbi, vaga na final do Campeonato Paulista – o jogo de volta será na quarta-feira, em Itaquera. Mas os dois duelos que farão valem muito mais do que isso. Nos últimos anos, o Majestoso tem deixado sequelas, especialmente no lado Tricolor, que desde 2013 venceu o rival apenas três vezes, contra 11 derrotas e dez empates.

Além do retrospecto ruim, o momento do São Paulo é bem mais desfavorável. O time não conquista um título desde a Copa Sul-Americana de 2012, escapou por pouco do rebaixamento no Campeonato Brasileiro do ano passado e já trocou de treinador nesta temporada. Aos trancos e barrancos, chegou à semifinal graças à falha do goleiro Paes no jogo decisivo contra o São Caetano.

Mas não é segredo para ninguém que em clássico tudo isso fica em segundo plano. Nisto que o time se apoia para mostrar nova cara, no primeiro dérbi sob comando do técnico Diego Aguirre. O treinador, aliás, deu poucas pistas do time que mandará a campo e tem optado por manter a imprensa afastada dos treinamentos.

Petros pode retomar a condição de titular na vaga de Liziero, Lucas Fernandes deve substituir o lesionado Valdivia e Diego Souza e Tréllez lutam pelo espaço no comando de ataque.

Do outro lado, o Corinthians chega aliviado à semifinal após reverter a vantagem do Bragantino. Por mais que não esteja jogando futebol que encha seu torcedor de orgulho, o time vem se ajustando com as alterações promovidas por Carille.

Mateus Vital parece ter roubado a vaga de Romero, que desta vez nem no banco de reservas ficará porque está com a seleção paraguaia, assim como o zagueiro Balbuena. A dúvida fica no meio de campo: Ralf foi titular contra o Bragantino e agradou, mas Gabriel também vinha jogando bem, o que causou ‘bom’ problema para o treinador. “Falei com o Gabriel que ele não saiu porque estava mal, foi para elevar a estatura, pela bola aérea. Falei que ele voltará logo”, comentou Carille. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;