Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 10 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Pilar Velho só é maquiado para festa


Ana Carolina Negrão
Especial para o Diário

25/04/2006 | 08:31


“A Prefeitura de Ribeirão Pires esqueceu de nós”, afirma a dona-de-casa Neuza Maria dos Santos Silva, 56 anos, 39 dos quais vividos no Jardim Pilar Velho, próximo à divisa com Mauá. Segundo os moradores, o bairro só recebe atenção do poder público no mês de abril, quando são feitos os preparativos para a Festa do Pilar, que acontece entre os dias 28 deste mês e 1º de maio. “Eles passam a máquina e colocam cascalho nas ruas, mas quando dá a primeira chuva, tudo volta ao que era”, conta Neuza. Neste ano, entretanto, até os benefícios temporárias demoraram a chegar.

Existe apenas uma rua com asfalto no bairro – a avenida Santa Clara, única ligação entre o Centro da cidade e o bairro. O Jardim Pilar Velho é área de manancial e por isso há restrições quanto ao asfaltamento. Além dos problemas de calçamento, os moradores também não têm rede de esgoto.

O laminador Paulo Florêncio, 45 anos, reclama do mau-cheiro causado pelo esgoto que passa próximo à sua casa. “Todos os moradores do bairro sempre estão pedindo que alguma coisa seja feita. Sem asfalto a gente passa, mas agüentar o cheiro de esgoto é impossível. No ano passado, fizemos abaixo-assinado para ver se resolvia. Quando vêm as eleições, sempre aparece político prometendo”, lamenta-se Florêncio.

As más condições das vias fazem com que os moradores que possuem carro gastem freqüentemente com manutenção. “Como uso o carro para trabalhar, tenho que trocar os amortecedores sempre. Neste mês, coloquei sacos com areia em frente de casa, de tanto buraco que tinha”, narra o motorista Alexandre Rodrigues, 27 anos.

Neuza Maria Silva está preocupada com a demora dos preparativos para a Festa do Pilar. “Falta menos de uma semana para a festa e até agora não mandaram ninguém. No início do mês, costumam já chegar os tratores para arrumar.”

O de sempre – Segundo a Secretaria de Obras de Ribeirão Pires, não há previsão para que sejam sanados os problemas de calçamento e rede de esgoto. Ontem, foram iniciados os prepartivos para a Festa do Pilar. Serão passadas máquinas para nivelar a terra nas ruas e colocado cascalho. (Supervisão de Adiana Gomes)

 


Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Pilar Velho só é maquiado para festa

Ana Carolina Negrão
Especial para o Diário

25/04/2006 | 08:31


“A Prefeitura de Ribeirão Pires esqueceu de nós”, afirma a dona-de-casa Neuza Maria dos Santos Silva, 56 anos, 39 dos quais vividos no Jardim Pilar Velho, próximo à divisa com Mauá. Segundo os moradores, o bairro só recebe atenção do poder público no mês de abril, quando são feitos os preparativos para a Festa do Pilar, que acontece entre os dias 28 deste mês e 1º de maio. “Eles passam a máquina e colocam cascalho nas ruas, mas quando dá a primeira chuva, tudo volta ao que era”, conta Neuza. Neste ano, entretanto, até os benefícios temporárias demoraram a chegar.

Existe apenas uma rua com asfalto no bairro – a avenida Santa Clara, única ligação entre o Centro da cidade e o bairro. O Jardim Pilar Velho é área de manancial e por isso há restrições quanto ao asfaltamento. Além dos problemas de calçamento, os moradores também não têm rede de esgoto.

O laminador Paulo Florêncio, 45 anos, reclama do mau-cheiro causado pelo esgoto que passa próximo à sua casa. “Todos os moradores do bairro sempre estão pedindo que alguma coisa seja feita. Sem asfalto a gente passa, mas agüentar o cheiro de esgoto é impossível. No ano passado, fizemos abaixo-assinado para ver se resolvia. Quando vêm as eleições, sempre aparece político prometendo”, lamenta-se Florêncio.

As más condições das vias fazem com que os moradores que possuem carro gastem freqüentemente com manutenção. “Como uso o carro para trabalhar, tenho que trocar os amortecedores sempre. Neste mês, coloquei sacos com areia em frente de casa, de tanto buraco que tinha”, narra o motorista Alexandre Rodrigues, 27 anos.

Neuza Maria Silva está preocupada com a demora dos preparativos para a Festa do Pilar. “Falta menos de uma semana para a festa e até agora não mandaram ninguém. No início do mês, costumam já chegar os tratores para arrumar.”

O de sempre – Segundo a Secretaria de Obras de Ribeirão Pires, não há previsão para que sejam sanados os problemas de calçamento e rede de esgoto. Ontem, foram iniciados os prepartivos para a Festa do Pilar. Serão passadas máquinas para nivelar a terra nas ruas e colocado cascalho. (Supervisão de Adiana Gomes)

 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;