Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 25 de Fevereiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

soraiapedrozo@dgabc.com.br | 4435-8057

Montadores trabalharão em dupla


Luciele Velluto
Do Diário do Grande ABC

27/04/2007 | 07:14


Os montadores de móveis da Casas Bahia conseguiram conquistar melhores condições de trabalho após semanas de negociações com a maior rede varejista da América Latina. Os termos do acordo entre os profissionais e a empresa foram aprovados quinta-feira, em assembléia, no Sindicato do Empregados do Comércio do ABC.

A principal reivindicação dos montadores era a contratação de ajudantes para auxiliar na execução dos serviços. No entanto, a empresa e o sindicato conseguiram encontrar outra alternativa, já que a Casas Bahia não iria atender esse pedido.

Agora, os montadores de móveis irão trabalhar em dupla quando for necessário. Segundo o sindicato, será elaborado pelos profissionais e pela empresa uma planilha com os produtos que demandam maior mão-de-obra para a montagem.

Os trabalhadores também conseguiram da empresa que o valor da ajuda de custo fosse reajustada anualmente. Hoje, os montadores recebem R$ 240, valor para cobrir os gastos com transporte no deslocamento entre um serviço e outro, o que é considerado baixo com as oscilações dos preços dos combustíveis.

A Casas Bahia também passará a informar o valor de cada montagem para os trabalhadores, o que não era feito antes. Assim, cada um poderá ter o controle dos atendimentos realizados e o quanto irá receber no fim do mês.

“Foram grandes conquistas para os montadores, mas a primeira que conseguimos acertar foi a da revista”, afirma Jonas José dos Santos, diretor do sindicato.

Antes, o montador era obrigado pela empresa a oferecer sua mala de ferramentas para que fosse revistada pelos clientes no fim de cada serviço prestado. Para os trabalhadores, a revista era constrangedora não só para eles, mas também para os consumidores.


Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Montadores trabalharão em dupla

Luciele Velluto
Do Diário do Grande ABC

27/04/2007 | 07:14


Os montadores de móveis da Casas Bahia conseguiram conquistar melhores condições de trabalho após semanas de negociações com a maior rede varejista da América Latina. Os termos do acordo entre os profissionais e a empresa foram aprovados quinta-feira, em assembléia, no Sindicato do Empregados do Comércio do ABC.

A principal reivindicação dos montadores era a contratação de ajudantes para auxiliar na execução dos serviços. No entanto, a empresa e o sindicato conseguiram encontrar outra alternativa, já que a Casas Bahia não iria atender esse pedido.

Agora, os montadores de móveis irão trabalhar em dupla quando for necessário. Segundo o sindicato, será elaborado pelos profissionais e pela empresa uma planilha com os produtos que demandam maior mão-de-obra para a montagem.

Os trabalhadores também conseguiram da empresa que o valor da ajuda de custo fosse reajustada anualmente. Hoje, os montadores recebem R$ 240, valor para cobrir os gastos com transporte no deslocamento entre um serviço e outro, o que é considerado baixo com as oscilações dos preços dos combustíveis.

A Casas Bahia também passará a informar o valor de cada montagem para os trabalhadores, o que não era feito antes. Assim, cada um poderá ter o controle dos atendimentos realizados e o quanto irá receber no fim do mês.

“Foram grandes conquistas para os montadores, mas a primeira que conseguimos acertar foi a da revista”, afirma Jonas José dos Santos, diretor do sindicato.

Antes, o montador era obrigado pela empresa a oferecer sua mala de ferramentas para que fosse revistada pelos clientes no fim de cada serviço prestado. Para os trabalhadores, a revista era constrangedora não só para eles, mas também para os consumidores.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;