Fechar
Publicidade

Sábado, 25 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Atila vai alocar atual gestor da Arsep para comandar a Sama; advogada é escolhida para Saúde

Paulo Sérgio Pereira chefiará autarquia; Thais Miana lidará com setor em crise


Raphael Rocha
Do Diário do Grande ABC

18/09/2018 | 07:00


O prefeito de Mauá, Atila Jacomussi (PSB), vai realocar Paulo Sérgio Pereira (PRP) no comando da Sama (Saneamento Básico do Município de Mauá). O setor estava sem gente de confiança desde que o socialista optou por nomear Israel Aleixo, o Bell (PSB), como secretário de Governo. Outra modificação foi a nomeação da advogada Thais de Almeida Miana como titular da Saúde.

Aliado de longa data da família Jacomussi, Pereira está à frente da Arsep (Agência Reguladora de Serviços Públicos) desde dezembro de 2017, quando foi eleito para a função – o mandato vai até 2019. Para migrar à Sama, Pereira terá de renunciar ao posto na Arsep, o que deve ser feito ainda nesta semana.

Paulo Sérgio Pereira ficou como superintendente da Sama de 2014 a 2016, na segunda metade do governo de Donisete Braga (Pros). À época, ele substituiu o próprio Atila, que gerenciava a autarquia após ter apoiado Donisete no segundo turno da eleição de 2012. Atila deixou o setor em 2014 para ser candidato a deputado estadual no mesmo ano. Eleito à Assembleia, bancou a permanência de Pereira até 2016, quando rompeu com Donisete e se candidatou à Prefeitura, vencendo o então petista. No início do mandato de Atila, ele gerenciou a Secretaria de Habitação.

Na primeira entrevista que concedeu após retornar ao cargo – por força de liminar expedida pelo ministro Gilmar Mendes, do STF (Supremo Tribunal Federal) –, Atila mostrou preocupação com o futuro da Sama. Isso porque a Sabesp (Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo) cobra dívida que está próxima da casa dos R$ 2 bilhões pela diferença no pagamento do metro cúbico de água vendida pela estatal paulista. A briga se arrasta anos na Justiça, que, nos últimos meses, tem dado ganho de causa à Sabesp.

Thais de Almeida Miana atuou como secretária adjunta de Justiça e e Defesa da Cidadania no início do do governo Atila. Como titular da Saúde, terá a missão de rediscutir o convênio com a FUABC (Fundação do ABC), uma vez que o governo interino de Alaíde Damo (MDB) havia indicado o fim do acordo.

SANTA CASA - Atila se reuniu ontem pela manhã com a direção da Santa Casa, com objetivo de resolver impasse entre a Prefeitura e a unidade. O superintendente da Santa Casa, Harry Horst Walendy, declarou que a administração contraiu dívida de R$ 2 milhões com o equipamento e que, por isso, teve de interromper atendimentos pelo SUS (Sistema Único de Saúde). “Em breve teremos boas notícias”, publicou Atila em uma rede social. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Atila vai alocar atual gestor da Arsep para comandar a Sama; advogada é escolhida para Saúde

Paulo Sérgio Pereira chefiará autarquia; Thais Miana lidará com setor em crise

Raphael Rocha
Do Diário do Grande ABC

18/09/2018 | 07:00


O prefeito de Mauá, Atila Jacomussi (PSB), vai realocar Paulo Sérgio Pereira (PRP) no comando da Sama (Saneamento Básico do Município de Mauá). O setor estava sem gente de confiança desde que o socialista optou por nomear Israel Aleixo, o Bell (PSB), como secretário de Governo. Outra modificação foi a nomeação da advogada Thais de Almeida Miana como titular da Saúde.

Aliado de longa data da família Jacomussi, Pereira está à frente da Arsep (Agência Reguladora de Serviços Públicos) desde dezembro de 2017, quando foi eleito para a função – o mandato vai até 2019. Para migrar à Sama, Pereira terá de renunciar ao posto na Arsep, o que deve ser feito ainda nesta semana.

Paulo Sérgio Pereira ficou como superintendente da Sama de 2014 a 2016, na segunda metade do governo de Donisete Braga (Pros). À época, ele substituiu o próprio Atila, que gerenciava a autarquia após ter apoiado Donisete no segundo turno da eleição de 2012. Atila deixou o setor em 2014 para ser candidato a deputado estadual no mesmo ano. Eleito à Assembleia, bancou a permanência de Pereira até 2016, quando rompeu com Donisete e se candidatou à Prefeitura, vencendo o então petista. No início do mandato de Atila, ele gerenciou a Secretaria de Habitação.

Na primeira entrevista que concedeu após retornar ao cargo – por força de liminar expedida pelo ministro Gilmar Mendes, do STF (Supremo Tribunal Federal) –, Atila mostrou preocupação com o futuro da Sama. Isso porque a Sabesp (Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo) cobra dívida que está próxima da casa dos R$ 2 bilhões pela diferença no pagamento do metro cúbico de água vendida pela estatal paulista. A briga se arrasta anos na Justiça, que, nos últimos meses, tem dado ganho de causa à Sabesp.

Thais de Almeida Miana atuou como secretária adjunta de Justiça e e Defesa da Cidadania no início do do governo Atila. Como titular da Saúde, terá a missão de rediscutir o convênio com a FUABC (Fundação do ABC), uma vez que o governo interino de Alaíde Damo (MDB) havia indicado o fim do acordo.

SANTA CASA - Atila se reuniu ontem pela manhã com a direção da Santa Casa, com objetivo de resolver impasse entre a Prefeitura e a unidade. O superintendente da Santa Casa, Harry Horst Walendy, declarou que a administração contraiu dívida de R$ 2 milhões com o equipamento e que, por isso, teve de interromper atendimentos pelo SUS (Sistema Único de Saúde). “Em breve teremos boas notícias”, publicou Atila em uma rede social. 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;