Fechar
Publicidade

Domingo, 16 de Fevereiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Fabiana Murer apresenta no GP Brasil seu novo salto



21/05/2010 | 07:00


Fabiana Murer viaja hoje para o Rio de Janeiro, onde disputa no domingo o GP Brasil de Atletismo. Será a primeira competição da saltadora desde a conquista do Mundial Indoor, em Doha (Catar), em março. No Estádio do Engenhão, Fabiana vai testar pela primeira vez seu desempenho desde a reformulação do salto. Agora, a atleta da BM&F/São Caetano dá 18 passadas antes de saltar. Antes eram 16.

"Ainda não estou bem confiante, mas dá para saltar tranquilamente. Só não posso prever qual altura vou atingir. Tanto posso me aproximar dos 4,80m como também ficar bem abaixo disso."

A saltadora, seu técnico e o consultor Vitaly Petrov, técnico de Yelena Isinayeva, acreditam que, com duas passadas a mais, Fabiana chegará mais alto antes do voo, com mais impulso. O treinador de Fabiana, Elson Miranda, deposita expectativa bem maior sobre o desempenho. "Ela se adaptou bem. Espero no mínimo o melhor salto do ano, uns 4,70m."

A campeã mundial espera maior cobrança devido à mudança de status, mas ressalva que, na prática, não vai mudar nada. "Estou sempre animada. Eu me dediquei da mesma forma aos treinos."



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Fabiana Murer apresenta no GP Brasil seu novo salto


21/05/2010 | 07:00


Fabiana Murer viaja hoje para o Rio de Janeiro, onde disputa no domingo o GP Brasil de Atletismo. Será a primeira competição da saltadora desde a conquista do Mundial Indoor, em Doha (Catar), em março. No Estádio do Engenhão, Fabiana vai testar pela primeira vez seu desempenho desde a reformulação do salto. Agora, a atleta da BM&F/São Caetano dá 18 passadas antes de saltar. Antes eram 16.

"Ainda não estou bem confiante, mas dá para saltar tranquilamente. Só não posso prever qual altura vou atingir. Tanto posso me aproximar dos 4,80m como também ficar bem abaixo disso."

A saltadora, seu técnico e o consultor Vitaly Petrov, técnico de Yelena Isinayeva, acreditam que, com duas passadas a mais, Fabiana chegará mais alto antes do voo, com mais impulso. O treinador de Fabiana, Elson Miranda, deposita expectativa bem maior sobre o desempenho. "Ela se adaptou bem. Espero no mínimo o melhor salto do ano, uns 4,70m."

A campeã mundial espera maior cobrança devido à mudança de status, mas ressalva que, na prática, não vai mudar nada. "Estou sempre animada. Eu me dediquei da mesma forma aos treinos."

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;