Fechar
Publicidade

Domingo, 31 de Maio

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Jogadores rasgam elogios ao ‘diferenciado’ São Bernardo

Celso Luiz/DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Ambiente, pagamento em dia e estrutura são alguns dos fatores exaltados por quem vestiu a camisa


Dérek Bittencourt
Do Diário do Grande ABC

20/12/2014 | 07:00


O São Bernardo demonstrou ao longo de sua década de vida que utiliza formato de administração diferente dos rivais Santo André e São Caetano. Levantamento realizado pelo Diário comparando o número de contratações das três equipes entre novembro de 2010 e setembro de 2014 mostra que o Tigre trouxe menos atletas do que os vizinhos.

Enquanto o Ramalhão contratou 132 reforços e o Azulão apresentou 116 novidades, o clube aurinegro apostou em 69 contratações, números que comprovam as falas de diversos nomes da história são-bernardense, que exaltam bom ambiente, respaldo da diretoria, boa estrutura e outros motivos que fazem o Tigre “diferente”.

“O pessoal que trabalha lá, diretoria, funcionários, todo mundo acolhe bem. Quem vai para lá, nesse quesito não tem do que reclamar”, destacou o ex-atacante Raul, nascido em São Bernardo e que chegou ao clube em 2005, profissionalizou-se em 2006 e permaneceu até 2012, realizando 194 jogos. “Não é uma camisa, é uma segunda pele”, completou o ex-volante Zé Forte, que também tem história misturada à do clube, o qual defendeu de 2007 a 2014 e virou xodó da torcida.

“São oito anos aqui nessa casa e só tenho a agradecer tudo que me proporcionaram aqui, toda estrutura, todo o cuidado e cada oportunidade que me foi dada. Me sinto honrado”, destacou o volante Daniel Pereira, prata da casa aurinegra e que participou diretamente da maioria das conquistas, principalmente a do título da Copa Paulista. “É um lugar onde você tem prazer de trabalhar, é diferente”, completou o ex-goleiro Wilson Júnior, titular na conquista da Série A-2 de 2012 e outro nascido no município.

O ex-atacante Ney Mineiro, autor de 39 gols pelo clube, agora torce de longe pelo sucesso do Tigre com destaque no cenário nacional, na expectativa de repetir alguns exemplos recentes. “Que consiga voos mais altos e trilhe o caminho da Chapecoense-SC, Luverdense-MT e Tombense-MG, que estão conseguindo acessos seguidos no Brasileiro”, indicou.

E a frase do volante Daniel Pereira parece traduzir o sentimento geral dos atletas que vestiram a camisa aurinegra. “O São Bernardo faz aniversário, mas o presente é meu. Poder fazer parte desse clube é realmente um presente”, concluiu.

Edson Boaro relembra bons momentos

O ex-lateral Edson, anteriormente conhecido como Abobrão, era bastante ligado ao clube pelo qual se destacou enquanto jogador, o Corinthians. No entanto, desde 2009 está no São Bernardo e transformou-se em Edson Boaro, técnico do Tigre. Quando chegou, exercia a função de coordenador das categorias de base, mas, aos poucos, ganhou status, cargo e, com respaldo total da diretoria, é treinador do time profissional há dois anos.

E com tanto tempo de casa, ele elenca os bons e maus momentos no clube. “O primeiro acesso à Série A-1 foi um grande objetivo inicial. Lógico que depois vieram o título da Série A-2 e da Copa Paulista, que deram a oportunidade ao clube de disputar a Copa do Brasil. O Campeonato Paulista deste ano, com a primeira vitória sobre um grande fora de São Bernardo. Então, são todos grandes momentos”, destacou. “Já o pior momento foi a queda, mas serviu para a gente ficar mais forte para buscar o acesso novamente e dar mais confiança para disputar o campeonato”, emendou Boaro.

“O que queremos agora é a classificação à segunda fase do Paulista e estamos montando um grupo com muita qualidade para isso, com uma base muito boa sendo mantida de 2014”, projetou Boaro. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Jogadores rasgam elogios ao ‘diferenciado’ São Bernardo

Ambiente, pagamento em dia e estrutura são alguns dos fatores exaltados por quem vestiu a camisa

Dérek Bittencourt
Do Diário do Grande ABC

20/12/2014 | 07:00


O São Bernardo demonstrou ao longo de sua década de vida que utiliza formato de administração diferente dos rivais Santo André e São Caetano. Levantamento realizado pelo Diário comparando o número de contratações das três equipes entre novembro de 2010 e setembro de 2014 mostra que o Tigre trouxe menos atletas do que os vizinhos.

Enquanto o Ramalhão contratou 132 reforços e o Azulão apresentou 116 novidades, o clube aurinegro apostou em 69 contratações, números que comprovam as falas de diversos nomes da história são-bernardense, que exaltam bom ambiente, respaldo da diretoria, boa estrutura e outros motivos que fazem o Tigre “diferente”.

“O pessoal que trabalha lá, diretoria, funcionários, todo mundo acolhe bem. Quem vai para lá, nesse quesito não tem do que reclamar”, destacou o ex-atacante Raul, nascido em São Bernardo e que chegou ao clube em 2005, profissionalizou-se em 2006 e permaneceu até 2012, realizando 194 jogos. “Não é uma camisa, é uma segunda pele”, completou o ex-volante Zé Forte, que também tem história misturada à do clube, o qual defendeu de 2007 a 2014 e virou xodó da torcida.

“São oito anos aqui nessa casa e só tenho a agradecer tudo que me proporcionaram aqui, toda estrutura, todo o cuidado e cada oportunidade que me foi dada. Me sinto honrado”, destacou o volante Daniel Pereira, prata da casa aurinegra e que participou diretamente da maioria das conquistas, principalmente a do título da Copa Paulista. “É um lugar onde você tem prazer de trabalhar, é diferente”, completou o ex-goleiro Wilson Júnior, titular na conquista da Série A-2 de 2012 e outro nascido no município.

O ex-atacante Ney Mineiro, autor de 39 gols pelo clube, agora torce de longe pelo sucesso do Tigre com destaque no cenário nacional, na expectativa de repetir alguns exemplos recentes. “Que consiga voos mais altos e trilhe o caminho da Chapecoense-SC, Luverdense-MT e Tombense-MG, que estão conseguindo acessos seguidos no Brasileiro”, indicou.

E a frase do volante Daniel Pereira parece traduzir o sentimento geral dos atletas que vestiram a camisa aurinegra. “O São Bernardo faz aniversário, mas o presente é meu. Poder fazer parte desse clube é realmente um presente”, concluiu.

Edson Boaro relembra bons momentos

O ex-lateral Edson, anteriormente conhecido como Abobrão, era bastante ligado ao clube pelo qual se destacou enquanto jogador, o Corinthians. No entanto, desde 2009 está no São Bernardo e transformou-se em Edson Boaro, técnico do Tigre. Quando chegou, exercia a função de coordenador das categorias de base, mas, aos poucos, ganhou status, cargo e, com respaldo total da diretoria, é treinador do time profissional há dois anos.

E com tanto tempo de casa, ele elenca os bons e maus momentos no clube. “O primeiro acesso à Série A-1 foi um grande objetivo inicial. Lógico que depois vieram o título da Série A-2 e da Copa Paulista, que deram a oportunidade ao clube de disputar a Copa do Brasil. O Campeonato Paulista deste ano, com a primeira vitória sobre um grande fora de São Bernardo. Então, são todos grandes momentos”, destacou. “Já o pior momento foi a queda, mas serviu para a gente ficar mais forte para buscar o acesso novamente e dar mais confiança para disputar o campeonato”, emendou Boaro.

“O que queremos agora é a classificação à segunda fase do Paulista e estamos montando um grupo com muita qualidade para isso, com uma base muito boa sendo mantida de 2014”, projetou Boaro. 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;