Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 4 de Junho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Contra a Polônia, Cristiano Ronaldo tenta levar Portugal à semifinal da Eurocopa



30/06/2016 | 06:45


Cristiano Ronaldo busca colocar Portugal nas semifinais da Eurocopa pela quarta vez na história. A Polônia é o obstáculo que precisar ser superado nesta quinta-feira, às 16 horas (de Brasília), no estádio Vélodrome, em Marselha. O atacante do Real Madrid terá pela frente uma defesa forte, que sofreu apenas dois gols na competição e conseguiu parar o ataque da Alemanha na primeira fase, arrancando um empate sem gols.

O português chega bastante motivado para o confronto. Após um início vacilante, Cristiano Ronaldo marcou dois gols no empate diante da Hungria que garantiu Portugal nas oitavas de final e contra a Croácia, nas quartas, participou da jogada do gol da classificação, anotado por Nani na prorrogação, em rebote de finalização do craque do Real Madrid.

Além disso, com oito gols em quatro participações no torneio, o atacante está apenas um atrás de Michel Platini, artilheiro histórico da Eurocopa. "Vamos tentar ter outra vez um bom equilíbrio na equipe e que cada jogador cumpra seu papel. Estamos felizes em contar com Cristiano Ronaldo, que vem tentando muito e só não marcou mais porque as defesas não deixaram", afirmou o técnico de Portugal, Fernando Santos.

A Polônia aposta na eficiência defensiva e, claro, em Lewandowski. O atacante do Bayern de Munique ainda não marcou na competição e todos confiam que ele possa, enfim, desencantar nas quartas de final. "Lewandowski cria brechas, permite que os companheiros fiquem livres. Ele concentra a atenção do adversário. Quando ele desencantar, vai doer muito nos adversários", disse o técnico da Polônia, Adam Nawalka.

O treinador polonês também confia no poder de marcação dos volantes Kuba e Krychowiak, que dão sustentação aos zagueiros Glik e Pazdan, liberando os laterais, principalmente Piszczek para ajudar no ataque pelo lado direito.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Contra a Polônia, Cristiano Ronaldo tenta levar Portugal à semifinal da Eurocopa


30/06/2016 | 06:45


Cristiano Ronaldo busca colocar Portugal nas semifinais da Eurocopa pela quarta vez na história. A Polônia é o obstáculo que precisar ser superado nesta quinta-feira, às 16 horas (de Brasília), no estádio Vélodrome, em Marselha. O atacante do Real Madrid terá pela frente uma defesa forte, que sofreu apenas dois gols na competição e conseguiu parar o ataque da Alemanha na primeira fase, arrancando um empate sem gols.

O português chega bastante motivado para o confronto. Após um início vacilante, Cristiano Ronaldo marcou dois gols no empate diante da Hungria que garantiu Portugal nas oitavas de final e contra a Croácia, nas quartas, participou da jogada do gol da classificação, anotado por Nani na prorrogação, em rebote de finalização do craque do Real Madrid.

Além disso, com oito gols em quatro participações no torneio, o atacante está apenas um atrás de Michel Platini, artilheiro histórico da Eurocopa. "Vamos tentar ter outra vez um bom equilíbrio na equipe e que cada jogador cumpra seu papel. Estamos felizes em contar com Cristiano Ronaldo, que vem tentando muito e só não marcou mais porque as defesas não deixaram", afirmou o técnico de Portugal, Fernando Santos.

A Polônia aposta na eficiência defensiva e, claro, em Lewandowski. O atacante do Bayern de Munique ainda não marcou na competição e todos confiam que ele possa, enfim, desencantar nas quartas de final. "Lewandowski cria brechas, permite que os companheiros fiquem livres. Ele concentra a atenção do adversário. Quando ele desencantar, vai doer muito nos adversários", disse o técnico da Polônia, Adam Nawalka.

O treinador polonês também confia no poder de marcação dos volantes Kuba e Krychowiak, que dão sustentação aos zagueiros Glik e Pazdan, liberando os laterais, principalmente Piszczek para ajudar no ataque pelo lado direito.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;