Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 3 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

PF faz buscas em 5 Estados e no DF contra corrupção e fraudes na Infraero



21/10/2020 | 12:17


A Polícia Federal (PF) deflagrou na manhã desta quarta-feira, 21, a Operação Índia para investigar suposto esquema de corrupção na Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero). A ofensiva mira em crimes de associação criminosa, corrupção, violação de sigilo funcional e crimes licitatórios.

Cerca de 30 agentes cumprem 19 mandados de busca e apreensão no Distrito Federal e em cinco Estados - São Paulo, Rio de Janeiro, Bahia, Paraná e Rio Grande do Norte.

De acordo com a PF, o esquema sob suspeita teria operado entre 2016 e 2018 envolvendo funcionários da Infraero e empresários dos ramos de turismo e de alimentação. As investigações apontam que o grupo fraudava licitações das áreas "lounge" e quiosques de alimentação nos aeroportos de Congonhas (São Paulo) e Santos Dumont (Rio de Janeiro), subavaliando as áreas e desqualificando dos certames empresas que não estivessem associadas ao grupo.

"Assim, permitia-se a contratação de propostas menos vantajosas para a Infraero em fraudes estimadas em cerca de R$ 10 milhões de reais", apontou a Polícia Federal em nota. Os investigadores dizem que as apurações tiveram início com a comunicação dos fatos pelo Ministério da Infraestrutura, após procedimento interno da própria Infraero.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

PF faz buscas em 5 Estados e no DF contra corrupção e fraudes na Infraero


21/10/2020 | 12:17


A Polícia Federal (PF) deflagrou na manhã desta quarta-feira, 21, a Operação Índia para investigar suposto esquema de corrupção na Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero). A ofensiva mira em crimes de associação criminosa, corrupção, violação de sigilo funcional e crimes licitatórios.

Cerca de 30 agentes cumprem 19 mandados de busca e apreensão no Distrito Federal e em cinco Estados - São Paulo, Rio de Janeiro, Bahia, Paraná e Rio Grande do Norte.

De acordo com a PF, o esquema sob suspeita teria operado entre 2016 e 2018 envolvendo funcionários da Infraero e empresários dos ramos de turismo e de alimentação. As investigações apontam que o grupo fraudava licitações das áreas "lounge" e quiosques de alimentação nos aeroportos de Congonhas (São Paulo) e Santos Dumont (Rio de Janeiro), subavaliando as áreas e desqualificando dos certames empresas que não estivessem associadas ao grupo.

"Assim, permitia-se a contratação de propostas menos vantajosas para a Infraero em fraudes estimadas em cerca de R$ 10 milhões de reais", apontou a Polícia Federal em nota. Os investigadores dizem que as apurações tiveram início com a comunicação dos fatos pelo Ministério da Infraestrutura, após procedimento interno da própria Infraero.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;