Fechar
Publicidade

Sábado, 30 de Maio

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Radar na Imigrantes começa a multar na segunda

Marina Brandão/DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Fábio Munhoz
do Diário do Grande ABC

08/11/2012 | 07:00


A partir de segunda-feira, radar eletrônico começará a autuar motoristas de caminhões que trafegarem pela faixa da esquerda da Rodovia dos Imigrantes. O equipamento foi instalado no km 52+600 da pista sentido São Paulo e é o segundo do tipo na via. O primeiro aparelho foi colocado em março, no km 48. A implantação foi feita pela Ecovias, concessionária que administra o SAI (Sistema Anchieta-Imigrantes).

O gerente de Atendimento ao Usuário da Ecovias, Eduardo Di Gregório, afirma que o objetivo da instalação é evitar acidentes no trecho de serra. “Esse ponto tem grande índice de colisões laterais e traseiras envolvendo caminhões”, explica. Na avaliação de Gregório, a medida também irá melhorar a fluidez na via, pois a faixa da esquerda ficará livre para os veículos leves.

Também serão autuados caminhões e ônibus que utilizarem a faixa da esquerda para ultrapassagens. “A Imigrantes tem três faixas. Então, os veículos comerciais pesados devem transitar pela direita e usar a do meio para ultrapassar”, orienta o gerente. A multa para quem for flagrado é de R$ 85,12, com quatro pontos na CNH (Carteira Nacional de Habilitação).

A instalação do primeiro radar do tipo, no km 48 da Pista Norte, fez cair o número de acidentes na rodovia. De março a setembro, o trecho entre os kms 48 e 50 teve queda de 23% no total de ocorrências e de 85% nos episódios envolvendo veículos comerciais.

De janeiro a outubro de 2012, a quantidade de feridos no SAI diminuiu 41,16% na comparação com o mesmo período do ano anterior, passando de 2.998 para 1.764 pessoas. O total de mortes foi 34% menor, de 103 para 68 casos. O SAI também abrange as rodovias Padre Manoel da Nóbrega e Cônego Domênico Rangoni.

Apesar de o trecho de serra já possuir um radar específico, a equipe do Diário esteve ontem na via e constatou que ainda é grande a quantidade de caminhões que trafegam pela esquerda. De acordo com o gerente, o setor de prevenção de acidentes da concessionária estuda a necessidade de implantação de novos aparelhos, mas que ainda não há locais definidos.

Segundo Gregório, 2.223 autuações a veículos pesados foram feitas pelo equipamento do km 48. O DER (Departamento de Estradas de Rodagem), órgão que gerencia os radares no Estado, não confirmou os números até o fechamento desta edição.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Radar na Imigrantes começa a multar na segunda

Fábio Munhoz
do Diário do Grande ABC

08/11/2012 | 07:00


A partir de segunda-feira, radar eletrônico começará a autuar motoristas de caminhões que trafegarem pela faixa da esquerda da Rodovia dos Imigrantes. O equipamento foi instalado no km 52+600 da pista sentido São Paulo e é o segundo do tipo na via. O primeiro aparelho foi colocado em março, no km 48. A implantação foi feita pela Ecovias, concessionária que administra o SAI (Sistema Anchieta-Imigrantes).

O gerente de Atendimento ao Usuário da Ecovias, Eduardo Di Gregório, afirma que o objetivo da instalação é evitar acidentes no trecho de serra. “Esse ponto tem grande índice de colisões laterais e traseiras envolvendo caminhões”, explica. Na avaliação de Gregório, a medida também irá melhorar a fluidez na via, pois a faixa da esquerda ficará livre para os veículos leves.

Também serão autuados caminhões e ônibus que utilizarem a faixa da esquerda para ultrapassagens. “A Imigrantes tem três faixas. Então, os veículos comerciais pesados devem transitar pela direita e usar a do meio para ultrapassar”, orienta o gerente. A multa para quem for flagrado é de R$ 85,12, com quatro pontos na CNH (Carteira Nacional de Habilitação).

A instalação do primeiro radar do tipo, no km 48 da Pista Norte, fez cair o número de acidentes na rodovia. De março a setembro, o trecho entre os kms 48 e 50 teve queda de 23% no total de ocorrências e de 85% nos episódios envolvendo veículos comerciais.

De janeiro a outubro de 2012, a quantidade de feridos no SAI diminuiu 41,16% na comparação com o mesmo período do ano anterior, passando de 2.998 para 1.764 pessoas. O total de mortes foi 34% menor, de 103 para 68 casos. O SAI também abrange as rodovias Padre Manoel da Nóbrega e Cônego Domênico Rangoni.

Apesar de o trecho de serra já possuir um radar específico, a equipe do Diário esteve ontem na via e constatou que ainda é grande a quantidade de caminhões que trafegam pela esquerda. De acordo com o gerente, o setor de prevenção de acidentes da concessionária estuda a necessidade de implantação de novos aparelhos, mas que ainda não há locais definidos.

Segundo Gregório, 2.223 autuações a veículos pesados foram feitas pelo equipamento do km 48. O DER (Departamento de Estradas de Rodagem), órgão que gerencia os radares no Estado, não confirmou os números até o fechamento desta edição.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;