Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 25 de Fevereiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Assistência técnica não conserta defeito em celular


Isis Mastromano Correia
Do Diário do Grande ABC

10/03/2008 | 07:07


O vai-e-vem do celular na assistência técnica tirou a paciência da desempregada Leidiane de Sá Alves, 19 anos, de São Bernardo. Ela desconfia de um problema com a bateria.

O aparelho, da marca Siemens, deu problema praticamente desde a compra e foi levado diversas vezes para a loja autorizada consertar. “Comprei em março do ano passado e em abril já estava na autorizada. Já fui quatro vezes na assistência e a garantia vai acabar ainda este mês”, diz Leidiane.

A Macksell, loja autorizada, informou que, por estar na garantia, o aparelho deve ser levado novamente ao estabelecimento.

A assistente de direção do Procon Mauá, Márcia Barbosa Antico, recomenda que o consumidor leia o manual, pois muitas empresas de celular consideram a bateria um acessório e, por isso, deixam de cobrir os defeitos.


Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Assistência técnica não conserta defeito em celular

Isis Mastromano Correia
Do Diário do Grande ABC

10/03/2008 | 07:07


O vai-e-vem do celular na assistência técnica tirou a paciência da desempregada Leidiane de Sá Alves, 19 anos, de São Bernardo. Ela desconfia de um problema com a bateria.

O aparelho, da marca Siemens, deu problema praticamente desde a compra e foi levado diversas vezes para a loja autorizada consertar. “Comprei em março do ano passado e em abril já estava na autorizada. Já fui quatro vezes na assistência e a garantia vai acabar ainda este mês”, diz Leidiane.

A Macksell, loja autorizada, informou que, por estar na garantia, o aparelho deve ser levado novamente ao estabelecimento.

A assistente de direção do Procon Mauá, Márcia Barbosa Antico, recomenda que o consumidor leia o manual, pois muitas empresas de celular consideram a bateria um acessório e, por isso, deixam de cobrir os defeitos.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;