Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 8 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Título: rotina para uns, sonho de outros


Anderson Rodrigues
Raphael Ramos
Do Diário do Grande ABC

06/05/2007 | 07:06


O primeiro título a gente nunca esquece. Com esse pensamento, um grupo de jovens espera conquistar a primeira taça de suas vidas como profissionais. Maurício, Luiz Henrique, Ademir Sopa e Galiardo nunca tiveram o gostinho de gritar “é campeão”. Podem fazer isso neste domingo, diante do Santos, após a grande final do Campeonato Paulista 2007.

Luiz Henrique é o mais experiente deste grupo sem títulos. Aos 25 anos, rodou o Brasil, mas jamais encostou numa taça. Como profissional, atuou no Atlético de Roraima, no Nacional e no São Raimundo, ambos do Amazonas. “Bati na trave uma vez com o Atlético. Mas perdi a decisão do Estadual nos pênaltis”, recorda o atacante titular do São Caetano.

O jogador revela que “a ansiedade é muito grande” antes da final contra o Peixe. “Estamos com uma mão na taça, mas ainda falta um grande passo. Um título, ainda mais do Campeonato Paulista, vai ser a coisa mais importante da minha vida”, revelou o companheiro de Somália, decisivo na fase final do Paulistão – fez gol na semifinal contra o São Paulo e na primeira final diante do Santos.

O novato desse grupo de atletas que nunca foi campeão é Maurício, com 22 anos. O zagueiro apareceu no Iraty-PR, se profissionalizou e ainda não realizou o sonho de ser campeão. “Este jogo contra o Santos não sai da minha mente. É uma coisa que nunca senti na vida”, afirma.

Maurício, assim como Luiz Henrique, garante que não há comemoração planejada. “Todos nascem sabendo comemorar. Isso não se aprende”, diz Luiz Henrique.

Uma coisa eles garantem: não vai faltar vontade. “Por ser o primeiro título das nossas carreiras, não dá para dizer que estamos despreparados. Vamos dar um algo mais neste jogo para entrar na história do clube”, diz Maurício. “Vai ser muito triste chegar até aqui e deixar tudo escapar”, completa Luiz Henrique. Galiardo, ex-Santo André, e Ademir Sopa, ex-Avaí-SC, também estão na lista dos que não dormem à espera do primeiro título.


Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;