Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 13 de Julho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Cultura & Lazer

cultura@dgabc.com.br | 4435-8364

Histórias do exílio em documentário gratuito


Sara Saar
Especial para o Diário

29/10/2009 | 07:00


Cinco políticos anônimos compõem o documentário "Dos Filhos Deste Solo - Outras Histórias do Exílio", à disposição para consulta na biblioteca da Universidade Municipal de São Caetano do Sul (Avenida Goiás, 3.400).

Tendo como cenário a ditadura militar (1964-1985), o filme mostra relatos de pessoas que se envolveram com organizações de esquerda, opostas ao regime, e precisaram se exilar em diferentes países. Entre os pontos abordados em 26 minutos de documentário estão as experiências de adaptação às novas culturas e o retorno ao Brasil.

Um dos entrevistados é Ana Corbisier, que se exilou em Cuba e ainda teve de se esconder no Nordeste brasileiro. A militante permaneceu dez anos afastada dos filhos, que na época estavam com 4 e 7 anos.

Outro personagem do filme é Aparecido Faria, que deixou o País como operário do Grande ABC e se tornou doutor em Economia. É possível ainda conhecer as trajetórias de Luis Cardoso, Samuel Iavelberg e Vera Tude.

O documentário é uma produção de jornalistas da USCS: Robson Conceição, Carolina Pontes, Iara Fontinelli, Rafael Lopes, Camila Coutinho e Daniele Busatto.

Quem se interessar em assistir ao filme deve agendar horário por meio do telefone 4239-3205. (Supervisão Melina Dias)



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Histórias do exílio em documentário gratuito

Sara Saar
Especial para o Diário

29/10/2009 | 07:00


Cinco políticos anônimos compõem o documentário "Dos Filhos Deste Solo - Outras Histórias do Exílio", à disposição para consulta na biblioteca da Universidade Municipal de São Caetano do Sul (Avenida Goiás, 3.400).

Tendo como cenário a ditadura militar (1964-1985), o filme mostra relatos de pessoas que se envolveram com organizações de esquerda, opostas ao regime, e precisaram se exilar em diferentes países. Entre os pontos abordados em 26 minutos de documentário estão as experiências de adaptação às novas culturas e o retorno ao Brasil.

Um dos entrevistados é Ana Corbisier, que se exilou em Cuba e ainda teve de se esconder no Nordeste brasileiro. A militante permaneceu dez anos afastada dos filhos, que na época estavam com 4 e 7 anos.

Outro personagem do filme é Aparecido Faria, que deixou o País como operário do Grande ABC e se tornou doutor em Economia. É possível ainda conhecer as trajetórias de Luis Cardoso, Samuel Iavelberg e Vera Tude.

O documentário é uma produção de jornalistas da USCS: Robson Conceição, Carolina Pontes, Iara Fontinelli, Rafael Lopes, Camila Coutinho e Daniele Busatto.

Quem se interessar em assistir ao filme deve agendar horário por meio do telefone 4239-3205. (Supervisão Melina Dias)

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;