Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 15 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Menores matam rapaz em estacionamento em São Bernardo


Tatiane Moreno
Especial para o Diário

14/11/2004 | 14:22


Oito mil reais custaram a vida de Rodrigo Augusto Garcia Carrascosa, 28 anos, morto sexta-feira, em plena luz do dia, por dois menores em um estacionamento particular na rua Dr. Fláquer, no Centro de São Bernardo. A vítima havia acabado de sair de um banco. Os acusados foram presos durante a fuga, minutos depois. Segundo informações da Guarda Civil Municipal (GCM), Carrascosa teria sacado R$ 8 mil na agência do Banco Banespa da rua Rio Branco, próximo ao local do crime. O dinheiro pertencia à empresa onde trabalhava, em São Bernardo. “Provavelmente os adolescentes estavam acompanhando toda a ação da vítima, desde a entrada no banco”, disse a chefe de equipe da GCM, Márcia Olivastro.

Ainda de acordo com informações da GCM, ao sair da agência, Carrascosa foi seguido pela dupla de acusados, ambos de 15 anos, até o estacionamento da rua Dr. Fláquer, onde ele havia deixado seu Gol. “Não vi como foi a abordagem porque nem sempre estou no caixa. Acredito que ele (Carrascosa) estava chegando para pegar o carro quando foi surpreendido pelos bandidos”, disse o dono do estacionamento, que preferiu não se identificar. Ele trabalha com o pai, mas, no momento do crime, estava sozinho cuidando do local.

“O que eu ouvi dizer é que só porque o rapaz disse que não tinha dinheiro, um dos ladrões mandou o outro atirar à queima roupa”, contou uma costureira que trabalha numa loja próxima e pediu para não ser identificada.

Segundo a GCM, depois do tiro, a dupla de assaltantes entrou em um trólebus no sentido Piraporinha (Diadema). Uma testemunha conseguiu ver o ônibus e avisou a Guarda. Cerca de 30 guardas civis municipais foram, então, acionados para atender a ocorrência. Depois de seguirem o ônibus, os policiais fecharam o terminal da EMTU que fica na região do Paço Municipal de São Bernardo. “Ninguém podia entrar nem sair. A Guarda desconfiou de um jovem e ao cheirar a mão do mesmo sentiu o cheiro da pólvora”, revelou Márcia, da GCM. “Apesar da arma não ter sido encontrada nas mãos dele, o rapaz confessou que foi o autor do disparo”, completou. Dentro de um cesto de lixo do terminal, foram encontrados R$ 5.362. O restante do dinheiro não foi encontrado.

O outro adolescente foi achado do lado de fora do terminal. “Ele estava tentando se esconder no conjunto comercial Anchieta, que parece um labirinto”, contou a chefe de equipe da GCM. Com ele, foi encontrado o revólver calibre 38 supostamente usado no crime.

Os proprietários do estacionamento informaram que, em solidariedade à família de Carrascosa, o estacionamento permaneceria fechado durante todo o sábado.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Menores matam rapaz em estacionamento em São Bernardo

Tatiane Moreno
Especial para o Diário

14/11/2004 | 14:22


Oito mil reais custaram a vida de Rodrigo Augusto Garcia Carrascosa, 28 anos, morto sexta-feira, em plena luz do dia, por dois menores em um estacionamento particular na rua Dr. Fláquer, no Centro de São Bernardo. A vítima havia acabado de sair de um banco. Os acusados foram presos durante a fuga, minutos depois. Segundo informações da Guarda Civil Municipal (GCM), Carrascosa teria sacado R$ 8 mil na agência do Banco Banespa da rua Rio Branco, próximo ao local do crime. O dinheiro pertencia à empresa onde trabalhava, em São Bernardo. “Provavelmente os adolescentes estavam acompanhando toda a ação da vítima, desde a entrada no banco”, disse a chefe de equipe da GCM, Márcia Olivastro.

Ainda de acordo com informações da GCM, ao sair da agência, Carrascosa foi seguido pela dupla de acusados, ambos de 15 anos, até o estacionamento da rua Dr. Fláquer, onde ele havia deixado seu Gol. “Não vi como foi a abordagem porque nem sempre estou no caixa. Acredito que ele (Carrascosa) estava chegando para pegar o carro quando foi surpreendido pelos bandidos”, disse o dono do estacionamento, que preferiu não se identificar. Ele trabalha com o pai, mas, no momento do crime, estava sozinho cuidando do local.

“O que eu ouvi dizer é que só porque o rapaz disse que não tinha dinheiro, um dos ladrões mandou o outro atirar à queima roupa”, contou uma costureira que trabalha numa loja próxima e pediu para não ser identificada.

Segundo a GCM, depois do tiro, a dupla de assaltantes entrou em um trólebus no sentido Piraporinha (Diadema). Uma testemunha conseguiu ver o ônibus e avisou a Guarda. Cerca de 30 guardas civis municipais foram, então, acionados para atender a ocorrência. Depois de seguirem o ônibus, os policiais fecharam o terminal da EMTU que fica na região do Paço Municipal de São Bernardo. “Ninguém podia entrar nem sair. A Guarda desconfiou de um jovem e ao cheirar a mão do mesmo sentiu o cheiro da pólvora”, revelou Márcia, da GCM. “Apesar da arma não ter sido encontrada nas mãos dele, o rapaz confessou que foi o autor do disparo”, completou. Dentro de um cesto de lixo do terminal, foram encontrados R$ 5.362. O restante do dinheiro não foi encontrado.

O outro adolescente foi achado do lado de fora do terminal. “Ele estava tentando se esconder no conjunto comercial Anchieta, que parece um labirinto”, contou a chefe de equipe da GCM. Com ele, foi encontrado o revólver calibre 38 supostamente usado no crime.

Os proprietários do estacionamento informaram que, em solidariedade à família de Carrascosa, o estacionamento permaneceria fechado durante todo o sábado.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;