Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 19 de Fevereiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Mauá define local de novos radares


Rodrigo Cipriano
Do Diário do Grande ABC

28/09/2005 | 08:17


Mauá vai ganhar 12 novos radares fixos. Parte dos equipamentos já começou a ser instalada na cidade, mas ainda não entrou em operação. A previsão é de que o monitoramento passe a vigorar dentro de 30 dias. Até lá, os radares passarão por aferição do Inmetro. A Prefeitura de Mauá afirma ainda que no período que anteceder o início da operação serão afixadas faixas alertando os motoristas sobre a localização dos radares.

Mas, por enquanto, ainda não há qualquer informativo nas ruas. Dos 12 radares previstos, cinco já foram instalados: dois na avenida Alberto Soares Sampaio, dois na avenida Papa João XXIII e um na avenida Antônia Rosa Fioravante. Todos ficam na região central de Mauá e irão fazer o monitoramento de velocidade dos carros. Outros cinco novos equipamentos, também no Centro, terão a mesma finalidade. Dois serão de avanço de semáforo.

Hoje, Mauá conta com 22 radares fixos: quatro de velocidade, nove de sinal vermelho, oito de velocidade e semáforo e uma lombada eletrônica. De acordo com o secretário de Serviços Urbanos de Mauá, Tácito Andrade, a decisão da instalação dos novos equipamentos é fundamentada no alto número de acidentes registrados nesses corredores. O secretário, no entanto, não apresentou estatísticas que evidenciem os casos.

Só no ano passado, segundo levantamento da Polícia Militar, Mauá registrou 3.161 acidentes, 320 atropelamentos, e oito mortes no trânsito. A maioria dos acidentes ocorreu nos cruzamentos das avenidas Antônia Rosa Fioravante e Mário Covas; Capitão João e Portugal; e Itapark com a Almirante Tamandaré.

Móveis – Coincidência ou não, a maior parte dos radares ficará nos mesmos endereços antes freqüentados por radares móveis, proibidos de operarem na cidade desde do dia 4 de janeiro por determinação do prefeito interino Diniz Lopes (PL). Na época, Lopes já havia adiantado ao Diário a intenção da prefeitura em instalar os 12 novos radares na cidade em substituição aos equipamentos móveis que, segundo suas palavras na ocasião, não educariam ninguém.

"A diferença (entre o radar fixo e o radar móvel) é que o fixo não assusta a população. Ele vai ficar ali sempre. É só para a pessoa diminuir a velocidade naquele local, não para pegar o motorista de surpresa. Além disso, o fixo tem placas indicando que no lugar existe um radar", afirma Andrade, da pasta de Serviços Urbanos de Mauá. De acordo com o secretário, com os novos radares, Mauá atinge sua cota de equipamentos de fiscalização eletrônica prevista em contrato.

O limite, de 34 radares fixos, consta no documento assinado com a Consladel, empresa que administra os radares em Mauá. O contrato só poderá ser alterado em 2007, quando expira seu prazo. n

Radares de avanço de velocidade

av. Alberto Soares Sampaio, 1.098, Centro/bairro
av. Alberto Soares Sampaio, 1.240, Centro/bairro
av. Antonia Rosa Fioravanti, próximo ao shopping, Centro/bairro
av. Papa João XXIII, 1.413, Centro/bairro
av. Papa João XXIII, 1.413, bairro/Centro
av. Capitão João, 1.974, bairro/Centro
rua Oscarito, 216, Centro/bairro
av. Comendador Wolthers, 500, Centro/bairro
av. Barão de Mauá, próximo da rua São João, bairro/Centro
av. Barão de Mauá, próximo da rua São João, Centro/bairro

Radares de avanço de semáforo

rua Cineasta Glauber Rocha com av. Castelo Branco, bairro/Centro
av. Capitão João com r. Luis Tonelotti, Centro/bairro



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Mauá define local de novos radares

Rodrigo Cipriano
Do Diário do Grande ABC

28/09/2005 | 08:17


Mauá vai ganhar 12 novos radares fixos. Parte dos equipamentos já começou a ser instalada na cidade, mas ainda não entrou em operação. A previsão é de que o monitoramento passe a vigorar dentro de 30 dias. Até lá, os radares passarão por aferição do Inmetro. A Prefeitura de Mauá afirma ainda que no período que anteceder o início da operação serão afixadas faixas alertando os motoristas sobre a localização dos radares.

Mas, por enquanto, ainda não há qualquer informativo nas ruas. Dos 12 radares previstos, cinco já foram instalados: dois na avenida Alberto Soares Sampaio, dois na avenida Papa João XXIII e um na avenida Antônia Rosa Fioravante. Todos ficam na região central de Mauá e irão fazer o monitoramento de velocidade dos carros. Outros cinco novos equipamentos, também no Centro, terão a mesma finalidade. Dois serão de avanço de semáforo.

Hoje, Mauá conta com 22 radares fixos: quatro de velocidade, nove de sinal vermelho, oito de velocidade e semáforo e uma lombada eletrônica. De acordo com o secretário de Serviços Urbanos de Mauá, Tácito Andrade, a decisão da instalação dos novos equipamentos é fundamentada no alto número de acidentes registrados nesses corredores. O secretário, no entanto, não apresentou estatísticas que evidenciem os casos.

Só no ano passado, segundo levantamento da Polícia Militar, Mauá registrou 3.161 acidentes, 320 atropelamentos, e oito mortes no trânsito. A maioria dos acidentes ocorreu nos cruzamentos das avenidas Antônia Rosa Fioravante e Mário Covas; Capitão João e Portugal; e Itapark com a Almirante Tamandaré.

Móveis – Coincidência ou não, a maior parte dos radares ficará nos mesmos endereços antes freqüentados por radares móveis, proibidos de operarem na cidade desde do dia 4 de janeiro por determinação do prefeito interino Diniz Lopes (PL). Na época, Lopes já havia adiantado ao Diário a intenção da prefeitura em instalar os 12 novos radares na cidade em substituição aos equipamentos móveis que, segundo suas palavras na ocasião, não educariam ninguém.

"A diferença (entre o radar fixo e o radar móvel) é que o fixo não assusta a população. Ele vai ficar ali sempre. É só para a pessoa diminuir a velocidade naquele local, não para pegar o motorista de surpresa. Além disso, o fixo tem placas indicando que no lugar existe um radar", afirma Andrade, da pasta de Serviços Urbanos de Mauá. De acordo com o secretário, com os novos radares, Mauá atinge sua cota de equipamentos de fiscalização eletrônica prevista em contrato.

O limite, de 34 radares fixos, consta no documento assinado com a Consladel, empresa que administra os radares em Mauá. O contrato só poderá ser alterado em 2007, quando expira seu prazo. n

Radares de avanço de velocidade

av. Alberto Soares Sampaio, 1.098, Centro/bairro
av. Alberto Soares Sampaio, 1.240, Centro/bairro
av. Antonia Rosa Fioravanti, próximo ao shopping, Centro/bairro
av. Papa João XXIII, 1.413, Centro/bairro
av. Papa João XXIII, 1.413, bairro/Centro
av. Capitão João, 1.974, bairro/Centro
rua Oscarito, 216, Centro/bairro
av. Comendador Wolthers, 500, Centro/bairro
av. Barão de Mauá, próximo da rua São João, bairro/Centro
av. Barão de Mauá, próximo da rua São João, Centro/bairro

Radares de avanço de semáforo

rua Cineasta Glauber Rocha com av. Castelo Branco, bairro/Centro
av. Capitão João com r. Luis Tonelotti, Centro/bairro

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;