Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 19 de Fevereiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Avamileno aprova chapa com Siraque e Martinha

O chefe do Executivo admitiu aprovar a composição. "Particularmente, gostaria de ver uma chapa com o Siraque e o Martinha", afirmou


Leandro Laranjeira
Do Diário do Grande ABC

04/05/2008 | 07:02


Os partidos coligados ao PT na eleição de Santo André deste ano não são os únicos a defender o nome do sindicalista Cícero Firmino da Silva, o Martinha (PDT), para ser o vice na chapa petista liderada pelo deputado estadual Vanderlei Siraque. O pedetista ganhou importante aliado na disputa: o prefeito João Avamileno (PT).

O chefe do Executivo admitiu aprovar a composição. "Particularmente, gostaria de ver uma chapa com o Siraque e o Martinha", afirmou. Foi a primeira manifestação pública de um petista em relação ao assunto. Até então, o PT evitava dar pistas sobre quem estaria na frente na briga pela indicação.

"O Martinha é realmente o favorito hoje, pois além de contar com a simpatia de petistas, tem apoio dos aliados", acrescentou o prefeito, cujo peso na decisão de quem será o vice é considerável. "Conheço o Martinha há 28 anos. É um companheiro sensível, bom político, sério e, certamente, irá somar com o Siraque", acrescentou.

Apesar das declarações e do encaminhamento feito no início da semana pelos aliados - PSB, PV, PHS, PSL, PRB e PCdoB abriram mão de indicar nomes próprios para apoiar Martinha -, o petista ainda não considera que a chapa governista esteja fechada.

"Está se tornando realidade. A definição dos partidos que estão com a gente mostra que eles estão realmente dispostos a governar com o PT. Mas é importante que outras siglas, como o PMDB, participem da discussão", ressaltou.

A preocupação de Avamileno com o PMDB tem sustentação. A sigla é hoje o único empecilho para o PT formalizar a chapa com o PDT. Os peemedebistas insistem em indicar o líder de governo na Câmara, Sargento Juliano, como vice de Siraque - o que estaria afastando as legendas, embora seja ventilado que elas estarão juntas na eleição, independentemente da questão do vice.

"O PMDB pode ter outros espaços no governo sem precisar indicar o vice", avaliou Avamileno. "Isso não quer dizer que eles devam perder as esperanças (de ser vice)", minimizou.

PROXIMIDADE
Avamileno e Martinha têm relação próxima. No ano passado, no auge da crise na administração ocasionado pela prévia, o sindicalista, presidente do Sindicato dos Metalúrgicos de Santo André e região, promoveu ato em apoio ao prefeito, que vinha sendo bombardeado por tomar posição no processo interno. Chegou-se a especular que Avamileno trocaria o PT pelo PDT. À época, ele descartou a possibilidade.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Avamileno aprova chapa com Siraque e Martinha

O chefe do Executivo admitiu aprovar a composição. "Particularmente, gostaria de ver uma chapa com o Siraque e o Martinha", afirmou

Leandro Laranjeira
Do Diário do Grande ABC

04/05/2008 | 07:02


Os partidos coligados ao PT na eleição de Santo André deste ano não são os únicos a defender o nome do sindicalista Cícero Firmino da Silva, o Martinha (PDT), para ser o vice na chapa petista liderada pelo deputado estadual Vanderlei Siraque. O pedetista ganhou importante aliado na disputa: o prefeito João Avamileno (PT).

O chefe do Executivo admitiu aprovar a composição. "Particularmente, gostaria de ver uma chapa com o Siraque e o Martinha", afirmou. Foi a primeira manifestação pública de um petista em relação ao assunto. Até então, o PT evitava dar pistas sobre quem estaria na frente na briga pela indicação.

"O Martinha é realmente o favorito hoje, pois além de contar com a simpatia de petistas, tem apoio dos aliados", acrescentou o prefeito, cujo peso na decisão de quem será o vice é considerável. "Conheço o Martinha há 28 anos. É um companheiro sensível, bom político, sério e, certamente, irá somar com o Siraque", acrescentou.

Apesar das declarações e do encaminhamento feito no início da semana pelos aliados - PSB, PV, PHS, PSL, PRB e PCdoB abriram mão de indicar nomes próprios para apoiar Martinha -, o petista ainda não considera que a chapa governista esteja fechada.

"Está se tornando realidade. A definição dos partidos que estão com a gente mostra que eles estão realmente dispostos a governar com o PT. Mas é importante que outras siglas, como o PMDB, participem da discussão", ressaltou.

A preocupação de Avamileno com o PMDB tem sustentação. A sigla é hoje o único empecilho para o PT formalizar a chapa com o PDT. Os peemedebistas insistem em indicar o líder de governo na Câmara, Sargento Juliano, como vice de Siraque - o que estaria afastando as legendas, embora seja ventilado que elas estarão juntas na eleição, independentemente da questão do vice.

"O PMDB pode ter outros espaços no governo sem precisar indicar o vice", avaliou Avamileno. "Isso não quer dizer que eles devam perder as esperanças (de ser vice)", minimizou.

PROXIMIDADE
Avamileno e Martinha têm relação próxima. No ano passado, no auge da crise na administração ocasionado pela prévia, o sindicalista, presidente do Sindicato dos Metalúrgicos de Santo André e região, promoveu ato em apoio ao prefeito, que vinha sendo bombardeado por tomar posição no processo interno. Chegou-se a especular que Avamileno trocaria o PT pelo PDT. À época, ele descartou a possibilidade.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;