Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 28 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

S.Bernardo terá de justificar atraso de laudo ambiental


André Vieira
especial para o Diário

27/02/2009 | 08:21


A Prefeitura de São Bernardo comprometeu-se a dar hoje à Cetesb (Companhia de Tecnologia de Saneamento Ambiental) justificativa pelo descumprimento do prazo de 120 dias para entrega de investigação ambiental detalhada sobre o nível de contaminação do Jardim das Oliveiras, bairro erguido sobre antigo lixão.

Em outubro do ano passado, a Cetesb divulgou parecer técnico que apontou que o local contém benzeno e metais pesados como chumbo, cromo, cádmio e mercúrio.

Em advertência, o órgão estadual determinou que a Prefeitura realizasse um novo estudo para dimensionar e quantificar os agentes contaminantes no bairro. O prazo venceu no dia 23 sem que fossem apresentados os resultados.

Segundo a Cetesb, somente após análise da justificativa por escrito é que o Estado decidirá se aplicará multa pelo descumprimento do prazo bem como o valor a ser pago pela infração e a nova data para entrega do laudo.

"Pretendemos contratar uma empresa para fazer o detalhamento, mas, antes, vamos pedir uns 45 dias para fazer a contratação. Não fizemos antes porque o período foi muito curto", alegou Giba Marson, que deverá ser empossado secretário de Meio Ambiente da cidade. A Pasta ainda não foi criada pelo atual governo.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

S.Bernardo terá de justificar atraso de laudo ambiental

André Vieira
especial para o Diário

27/02/2009 | 08:21


A Prefeitura de São Bernardo comprometeu-se a dar hoje à Cetesb (Companhia de Tecnologia de Saneamento Ambiental) justificativa pelo descumprimento do prazo de 120 dias para entrega de investigação ambiental detalhada sobre o nível de contaminação do Jardim das Oliveiras, bairro erguido sobre antigo lixão.

Em outubro do ano passado, a Cetesb divulgou parecer técnico que apontou que o local contém benzeno e metais pesados como chumbo, cromo, cádmio e mercúrio.

Em advertência, o órgão estadual determinou que a Prefeitura realizasse um novo estudo para dimensionar e quantificar os agentes contaminantes no bairro. O prazo venceu no dia 23 sem que fossem apresentados os resultados.

Segundo a Cetesb, somente após análise da justificativa por escrito é que o Estado decidirá se aplicará multa pelo descumprimento do prazo bem como o valor a ser pago pela infração e a nova data para entrega do laudo.

"Pretendemos contratar uma empresa para fazer o detalhamento, mas, antes, vamos pedir uns 45 dias para fazer a contratação. Não fizemos antes porque o período foi muito curto", alegou Giba Marson, que deverá ser empossado secretário de Meio Ambiente da cidade. A Pasta ainda não foi criada pelo atual governo.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;