Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 8 de Abril

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Cultura & Lazer

cultura@dgabc.com.br | 4435-8364

Bebê que Madonna quer adotar chega a Londres


Da AFP

17/10/2006 | 10:43


Um bebê africano de 13 meses de idade, que a cantora Madonna quer adotar, chegou nesta terça-feira a Londres depois de deixar o Malauí na véspera, a bordo de um avião particular.

O canal BBC, presente no aeroporto londrino, mostrou imagens de uma jovem mulher levando o menino nos braços, protegida por um guarda-costas e outros seguranças de Heathrow.

Madonna obteve a custódia temporária da criança, chamada David - filho de um agricultor pobre e cuja mãe morreu -, confirmou na segunda-feira à noite a agente da cantora, Liz Rosenberg.

A adoção gerou uma polêmica porque o pai de David ainda está vivo. Segundo a lei no Malauí, os estrangeiros candidatos à adoção devem viver no país por 18 meses e se submeter a uma investigação social antes que uma decisão definitiva seja tomada pela Justiça.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Bebê que Madonna quer adotar chega a Londres

Da AFP

17/10/2006 | 10:43


Um bebê africano de 13 meses de idade, que a cantora Madonna quer adotar, chegou nesta terça-feira a Londres depois de deixar o Malauí na véspera, a bordo de um avião particular.

O canal BBC, presente no aeroporto londrino, mostrou imagens de uma jovem mulher levando o menino nos braços, protegida por um guarda-costas e outros seguranças de Heathrow.

Madonna obteve a custódia temporária da criança, chamada David - filho de um agricultor pobre e cuja mãe morreu -, confirmou na segunda-feira à noite a agente da cantora, Liz Rosenberg.

A adoção gerou uma polêmica porque o pai de David ainda está vivo. Segundo a lei no Malauí, os estrangeiros candidatos à adoção devem viver no país por 18 meses e se submeter a uma investigação social antes que uma decisão definitiva seja tomada pela Justiça.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;