Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 23 de Junho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Oposição sofre nova derrota no Corinthians


Das Agências

03/12/2004 | 10:07


Depois de derrotar a oposição com a aprovação do contrato de parceria com o Corinthians, a MSI (Media Sports Investiments) garantiu na quinta-feira mais uma vitória, desta vez nos tribunais. O juiz Cláudio Pereira França, da 2ªVara Cível do Fórum Regional do Tatuapé, não acatou o pedido de liminar impetrado pelo advogado Wilson Canhedo, que tentava anular a reunião do Conselho Deliberativo, quando foi referendado o acordo entre o clube e o fundo de investimentos estrangeiro. O magistrado considerou insuficiente a argumentação feita pelo conselheiro corintiano.

Wilson Canhedo, no entanto, promete entrar nesta sexta-feira com novas ações judiciais no mesmo fórum. “Cada cabeça uma sentença e, quem sabe, com outro juiz, poderemos ter mais sorte”, afirmou. De acordo com Canhedo, o pedido foi aprovado por nomes de peso da área de Direito, como Rubens Approbato Machado, ex-presidente da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil), e Miguel Marques e Silva, juiz corregedor dos presídios de São Paulo.

O juiz Cláudio Pereira França também indeferiu outra ação, que pedia o cancelamento do contrato. Ele entendeu que, não tendo sido anulada a reunião que o aprovou, o acordo se mantém válido. Além de que, como os valores envolvidos na negociação são muito altos – US$ 35 milhões inicialmente –, o magistrado se considerou sem competência para decidir sobre a questão, que caberia ao Fórum Central.

Enquanto isso, a MSI continua atrás de reforços. A empresa estaria disposta a pagar US$ 1,5 milhões referentes à multa contratual do volante Marcelo Mattos com o São Caetano para ter o jogador por cinco anos no Timão. O jogador e a assessoria de imprensa do Azulão negam a negociação.

Ponte – Apesar de ainda não ter colocado os pés no Parque São Jorge e ter assinado contrato de cinco anos de duração com o Corinthians, Carlos Tevez já anunciou que sua intenção é jogar na Europa. A declaração do jogador após a partida contra o Internacional aumentou os rumores de que o Timão seria apenas uma ponte para o Chelsea, da Inglaterra, onde o atleta jogaria a partir do segundo semestre de 2005. No entanto, o empresário do atleta, Adrian Ruocco, disse que Tevez não deve sair antes da Copa do Mundo de 2006.

Na quinta-feira, Ruocco disse, em entrevista ao diário argentino Olé, que o atacante fica no Parque São Jorge por pelo menos um ano e meio. “Não há nada sobre essa suposta ponte com a Europa. Me parece que ele fica até o Mundial”, afirmou.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;