Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 21 de Junho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

economia@dgabc.com.br | 4435-8057

Rio oferece incentivos com ICMS para ter sede da Bonari


Do Diário do Grande ABC

18/08/1999 | 20:23


A Bonari Holding, empresa-espelho da Embratel na telefonia de longa distância, terá uma série de benefícios fiscais para instalar sua sede no Rio. O acordo, assinado nesta quarta-feira no Palácio Guanabara, prevê postergaçao do pagamento de 60% do Imposto sobre Circulaçao de Mercadorias e Serviços (ICMS). A empresa terá carência de 60 meses para começar a pagar, com juros de 6%, e o período de amortizaçao também será de 60 meses.

Se a Bonari optar por instalar o que será seu maior call center (central de chamadas) em um município carente de investimentos no interior do Rio - por exemplo, algum município atendido pelo programa Comunidade Solidária -, o governo estadual poderá aumentar o percentual do ICMS a ser postergado, dilatar o prazo de pagamento e reduzir os juros para 4,5% ao ano.

O secretário estadual de gabinete civil, Jonas Lopes, iniciou um lobby para que o município escolhido seja Campos, terra natal do governador Anthony Garotinho (PDT).

A Bonari foi enquadrada no Programa de Atraçao de Investimentos Estruturantes (Rioinvest) do Fundo de Desenvolvimento Econômico e Social (Fundes). Segundo o secretário de Desenvolvimento Econômico e Turismo do Rio, Tito Ryff, o governo quer transformar o estado no "principal centro difusor de tecnologia e cultura da informaçao da América Latina".

No setor de telecomunicaçoes, já estao instaladas no Rio a Embratel, a Telemar, sua empresa-espelho, a Canbrá, a Iridium e a ICO do Brasil, entre outras. Ryff ressaltou que o governo nao está gastando recursos do Tesouro estadual para atrair os investimentos.

A Bonari, controlada pela inglesa National Grid, a norteamericana Sprint e a francesa France Telecom, promete investir R$ 2,8 bilhoes no Brasil - R$ 350 milhoes no Rio. "Escolhemos o Rio porque o estado sedia algumas das maiores empresas de telecomunicaçoes e tem mao-de-obra qualificada e experiente nesse setor", afirmou o presidente do conselho de administraçao da Bonari, Wob Gerretsen.O executivo prometeu gerar cerca de 2,5 mil empregos diretos no Brasil, 1,3 mil deles no Rio.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;