Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 20 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Começam a surgir os primeiros problemas: Azulão está sem zaga


Raphael Ramos
Do Diário do Grande ABC

08/02/2007 | 22:05


O São Caetano curte a liderança do Campeonato Paulista ao lado do Santos, mas tem problemas para enfrentar o Rio Claro, às 17h de domingo, no interior do Estado.


O zagueiro Maurício terá de cumprir suspensão por causa do acúmulo de três cartões amarelos. Assim, o técnico Dorival Júnior precisará remontar justamente o setor que tem sido um dos destaques da equipe nesse início de temporada. Com quatro gols sofridos em sete partidas, o Azulão tem – ao lado do Ituano – a melhor defesa do Estadual.


Sem poder contar com Maurício, o treinador não tem outro zagueiro para escalar ao lado do capitão Thiago. Neto e Kleber estão machucados e só devem voltar aos gramados no próximo mês. Para complicar ainda mais a situação, a contratação por empréstimo do zagueiro Daniel segue indefinida. O atleta não chegou a um acordo com o Palmeiras e, por isso, não tem data para se apresentar no Anacleto Campanella, apesar de já ter sido anunciado oficialmente pela diretoria como novo reforço do Azulão.


Assim, o técnico Dorival Júnior terá de improvisar um volante na zaga. E, para reforçar a marcação, a tendência é que o treinador ainda escale outro volante que terá dupla função em campo: atuará como um terceiro zagueiro quando o time for atacado e passará para o meio-campo nos momentos em que o São Caetano estiver com a posse de bola.


Uma das alternativas de Dorival Júnior será escalar Luis Maranhão como zagueiro. Contundido, o jogador ficou de fora da vitória sobre o Juventus, mas fez alguns trabalhos físicos quinta-feira à tarde e deve voltar a treinar com bola nesta sexta-feira.


O volante Rafael Muçamba, que fez sua primeira partida como titular na última quarta-feira, deve ser mantido no meio-campo com a missão de auxiliar a defesa. Galiardo, no entanto, também briga pela posição.

“A função do treinador é administrar problemas. O time está bem, mas a cada partida temos uma série de dificuldades para escalar a equipe. Uma hora é contusão, depois é suspensão. E assim, temos de contornar a situação. O importante é que todos têm de estar atentos, pois oportunidades sempre surgirão”, afirmou o técnico Dorival Júnior.


Diante de tantos problemas, uma boa notícia: Canindé retorna à equipe depois de cumprir suspensão automática contra o Juventus.


Para não ser surpreendido diante do Rio Claro, o time está em estado de alerta. “Nosso momento é muito bom e, justamente, por isso todo mundo vai querer ganhar da gente. Temos de ficar espertos para não dar bobeira”, afirmou o zagueiro e capitão Thiago.



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;