Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 4 de Junho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Cultura & Lazer

cultura@dgabc.com.br | 4435-8364

Festas do Brasil em Sto.André

Exposição de fotos de diversas festividades nacionais pode ser vista até 21 de junho no Paço Municipal


Luís Felipe Soares
Do Diário do Grande ABC

15/06/2009 | 07:00


O Paço Municipal de Santo André (Praça 4º Centenário) foi tomado por imagens das mais diversas festividades nacionais. A novidade faz parte da série de instalações Arte & Vinil, que segue até dia 21 no local.

As obras - fotos impressas em grandes laminados de PVC - são resultado do projeto Cúbico, que apresenta diferentes montagens nesse aspecto em diversas cidades do País. Pela segunda vez no Grande ABC, o tema deste ano da atração é Brasil em Festas, trazendo para o público belas fotografias das mais tradicionais festividades do País. "O Brasil é riquíssimo em sua diversidade cultural. Temos eventos como as festas indígenas, os caboclos e o Carnaval de São Paulo que nos fazem únicos", explica Arthur Pugliese, diretor do projeto.

As 14 imagens espalhadas pelo Paço Municipal são do fotógrafo Gabriel Boeiras, um dos responsáveis pelo material do livro Festas Populares Brasileiras. Ele percorreu vários estados para registrar as mais típicas atrações culturais em cada região. A curadoria ficou por conta do próprio Boeiras, que teve de selecionar parte de seu acervo com, segundo Pugliese, cerca de 1.000 fotos. O trabalho recheado de cores foi um dos diferenciais para que seu material fosse escolhido para o projeto. "As cores estão diretamente ligadas às festas. O Gabriel procura trabalhar com imagens muito coloridas e isso chama a atenção do público", comenta o diretor.

A opção pelo PVC em meio às instalações surgiu de forma a, além da inclusão cultural, demonstrar que o material pode ser usado de diversas maneiras possíveis - e não somente em canos.

Após o período em Santo André, mais três montagens já estão programadas. A atração segue para São Paulo, em períodos no Parque do Carmo, no Parque da Vila Guilherme e no Parque do Ibirapuera. Com o término da exposição, todo o material de PVC será transformado em bolsas, estojos e pastas, entre outras coisas, por meio de ONG especializada.

Pugliese ressalta que a escolha do tema foi essencial para que o projeto, contemplado pela Lei Rouanet de Incentivo à Cultura, ganhasse apoio de empresas. Até o momento, as duas primeiras montagens contam com patrocínio, mas as restantes ainda não possuem.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Festas do Brasil em Sto.André

Exposição de fotos de diversas festividades nacionais pode ser vista até 21 de junho no Paço Municipal

Luís Felipe Soares
Do Diário do Grande ABC

15/06/2009 | 07:00


O Paço Municipal de Santo André (Praça 4º Centenário) foi tomado por imagens das mais diversas festividades nacionais. A novidade faz parte da série de instalações Arte & Vinil, que segue até dia 21 no local.

As obras - fotos impressas em grandes laminados de PVC - são resultado do projeto Cúbico, que apresenta diferentes montagens nesse aspecto em diversas cidades do País. Pela segunda vez no Grande ABC, o tema deste ano da atração é Brasil em Festas, trazendo para o público belas fotografias das mais tradicionais festividades do País. "O Brasil é riquíssimo em sua diversidade cultural. Temos eventos como as festas indígenas, os caboclos e o Carnaval de São Paulo que nos fazem únicos", explica Arthur Pugliese, diretor do projeto.

As 14 imagens espalhadas pelo Paço Municipal são do fotógrafo Gabriel Boeiras, um dos responsáveis pelo material do livro Festas Populares Brasileiras. Ele percorreu vários estados para registrar as mais típicas atrações culturais em cada região. A curadoria ficou por conta do próprio Boeiras, que teve de selecionar parte de seu acervo com, segundo Pugliese, cerca de 1.000 fotos. O trabalho recheado de cores foi um dos diferenciais para que seu material fosse escolhido para o projeto. "As cores estão diretamente ligadas às festas. O Gabriel procura trabalhar com imagens muito coloridas e isso chama a atenção do público", comenta o diretor.

A opção pelo PVC em meio às instalações surgiu de forma a, além da inclusão cultural, demonstrar que o material pode ser usado de diversas maneiras possíveis - e não somente em canos.

Após o período em Santo André, mais três montagens já estão programadas. A atração segue para São Paulo, em períodos no Parque do Carmo, no Parque da Vila Guilherme e no Parque do Ibirapuera. Com o término da exposição, todo o material de PVC será transformado em bolsas, estojos e pastas, entre outras coisas, por meio de ONG especializada.

Pugliese ressalta que a escolha do tema foi essencial para que o projeto, contemplado pela Lei Rouanet de Incentivo à Cultura, ganhasse apoio de empresas. Até o momento, as duas primeiras montagens contam com patrocínio, mas as restantes ainda não possuem.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;