Fechar
Publicidade

Domingo, 26 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Visita de Kim a tropas aumenta tensão entre Coreias



12/03/2013 | 02:47


O líder da Coreia do Norte, Kim Jong Un, pediu às tropas para ficarem em "alerta máximo" para uma potencial guerra com a Coreia do Sul, informou um jornal estatal, que também disse que Pyongyang cumpriu a ameaça de cancelar o armistício de 1953 que pôs fim à Guerra da Coreia.

 

Kim disse às tropas de artilharia estacionadas próximas de águas disputadas que tem visto vários confrontos sangrentos nos últimos anos e que "a guerra pode estourar agora".

 

A visita de Kim e o fim do armistício são parte da retórica norte-coreana contra as sanções da ONU da semana passada, em represália ao teste nuclear de 12 de fevereiro. Pyongyang também prometeu atacar os EUA com armas nucleares. As informações são da Associated Press.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Visita de Kim a tropas aumenta tensão entre Coreias


12/03/2013 | 02:47


O líder da Coreia do Norte, Kim Jong Un, pediu às tropas para ficarem em "alerta máximo" para uma potencial guerra com a Coreia do Sul, informou um jornal estatal, que também disse que Pyongyang cumpriu a ameaça de cancelar o armistício de 1953 que pôs fim à Guerra da Coreia.

 

Kim disse às tropas de artilharia estacionadas próximas de águas disputadas que tem visto vários confrontos sangrentos nos últimos anos e que "a guerra pode estourar agora".

 

A visita de Kim e o fim do armistício são parte da retórica norte-coreana contra as sanções da ONU da semana passada, em represália ao teste nuclear de 12 de fevereiro. Pyongyang também prometeu atacar os EUA com armas nucleares. As informações são da Associated Press.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;