Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 29 de Julho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Oposição a Lauro comanda CPI da Saúde

Nario Barbosa/DGABC  Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Instaurada na Câmara, comissão será presidida pelo líder da bancada do PT, Josa Queiroz


Rogério Santos
Do Diário do Grande ABC

14/05/2014 | 06:37


Alvo constante de críticas no governo Lauro Michels (PV), o sistema de Saúde de Diadema voltará a dar dor de cabeça ao chefe do Executivo. Aprovada na semana passada, a CPI da Saúde será presidida pela oposição. Autor do requerimento que instituiu a investigação, o vereador Josa Queiroz (PT) será indicado para comandar os trabalhos, tendo Ricardo Yoshio (PRB) como relator. O grupo será completado por Luiz Paulo Salgado (PR), Albino (PV) e Atevaldo Leitão (PSDB).

A composição será formalizada apenas na segunda-feira, durante reunião entre os líderes das siglas com representação na Casa, mas já foi definida nos bastidores. Josa tem assegurado apoio de Yoshio e Luiz Paulo para comandar a CPI. Em contrapartida, Yoshio será indicado como relator.

A bancada governista pretende ampliar a averiguação, analisando também o sistema de Saúde na gestão de Mário Reali (PT), antecessor de Lauro no Paço. “Não vejo problema nisso, mas a prioridade é avaliarmos 2014”, declarou Josa.

Autor do pedido anterior de investigação – derrubado pela Casa em março – e integrante da base aliada, Yoshio contesta a manobra da situação. “Essa história de culpar a gestão passada é para tirar o foco da discussão”, disse o parlamentar.

Substituto do secretário de Saúde e vereador licenciado José Augusto da Silva Ramos (PSDB), no Legislativo, Atevaldo Leitão contesta a composição da CPI. “Não há nada definido. Ainda vanmos conversar”, considerou. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;