Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 10 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Palestra faz jogo dos desesperados


Thiago Silva
Do Diário do Grande ABC

27/05/2011 | 07:02


Palestra e Nacional realizam hoje, às 19h30, no Baetão, em São Bernardo, o jogo dos desesperados pelo Grupo 6 da Segunda Divisão do Campeonato Paulista. Sem pontuar em quatro rodadas, os times estão nas últimas posições da chave, com pequena vantagem do Alviverde no saldo de gols (- 8 contra - 9), e outro resultado negativo complica as pretensões no torneio.

"Nem penso nas consequências do empate ou da derrota. Mais do que nunca, necessitamos da vitória porque outro placar nos deixaria em condições péssimas. Precisamos resolver nossa situação agora e espero que o Nacional resolva a sua em outra ocasião", afirmou o técnico Gersinho Lente.

Mas para alcançar a vitória, o Palestra terá de superar os problemas internos. Nesta semana, a diretoria dispensou o lateral Zeca, o zagueiro Carbasi, o volante Rafael e o atacante Jorge, então titulares. O meia Tássio afirmou que o elenco não será abalado pelas rescisões.

"É triste porque são pessoas que gostamos e se foram, mas faz parte do futebol. E temos de estar preparados porque se o resultado (positivo) não vier, teremos mais dispensas", salientou o ex-jogador do Santo André, que confia na reação. "Lógico que não é legal perder quatro partidas, mas não tem nada de desesperador. Faltam dez rodadas para o fim da primeira fase."

Gersinho Lente não confirmou os substitutos dos dispensados. A única certeza é que o recém-contratado Diego será titular (leia ao lado). "Prefiro não revelar o time até porque vou decidir somente antes do confronto", justificou o treinador.

Do outro lado, o técnico Nogueira Júnior também escondeu a equipe que joga hoje e garantiu que o elenco continua confiante.

Estreante Diego não se considera salvador da pátria

Alheio aos problemas do Palestra nos últimos dias, o atacante Diego espera estrear com gols contra o Nacional e ajudar o time a somar os primeiros pontos na Segundona. Mas ele não se considera a solução do clube. O jogador começou os treinamentos nesta semana e foi confirmado como titular pelo técnico Gersinho Lente.

"Estou muito longe de me tornar salvador da pátria. Mas, se Deus quiser, vou fazer ao menos um gol e ajudar o Palestra a alcançar essa vitória porque o grupo está merecendo faz tempo. O elenco está muito focado este confronto", ressaltou ele.

No Palestra, Diego espera reconquistar seu espaço no futebol. Após atuar no ano passado pelo Deportivo Zulia, da Venezuela, ele retornou ao Brasil e não conseguiu emprego. "Como não jogava profissionalmente, eu dei um tempo para investir no estudo. Entrei na faculdade, no curso de tecnologia da informação", contou. "Mas nunca pensei em abandonar o esporte. Quero jogar no Chile porque tenho dupla nacionalidade (brasileira e chilena)", explicou o atacante, que já defendeu o São Bernardo FC nas categorias de base.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Palestra faz jogo dos desesperados

Thiago Silva
Do Diário do Grande ABC

27/05/2011 | 07:02


Palestra e Nacional realizam hoje, às 19h30, no Baetão, em São Bernardo, o jogo dos desesperados pelo Grupo 6 da Segunda Divisão do Campeonato Paulista. Sem pontuar em quatro rodadas, os times estão nas últimas posições da chave, com pequena vantagem do Alviverde no saldo de gols (- 8 contra - 9), e outro resultado negativo complica as pretensões no torneio.

"Nem penso nas consequências do empate ou da derrota. Mais do que nunca, necessitamos da vitória porque outro placar nos deixaria em condições péssimas. Precisamos resolver nossa situação agora e espero que o Nacional resolva a sua em outra ocasião", afirmou o técnico Gersinho Lente.

Mas para alcançar a vitória, o Palestra terá de superar os problemas internos. Nesta semana, a diretoria dispensou o lateral Zeca, o zagueiro Carbasi, o volante Rafael e o atacante Jorge, então titulares. O meia Tássio afirmou que o elenco não será abalado pelas rescisões.

"É triste porque são pessoas que gostamos e se foram, mas faz parte do futebol. E temos de estar preparados porque se o resultado (positivo) não vier, teremos mais dispensas", salientou o ex-jogador do Santo André, que confia na reação. "Lógico que não é legal perder quatro partidas, mas não tem nada de desesperador. Faltam dez rodadas para o fim da primeira fase."

Gersinho Lente não confirmou os substitutos dos dispensados. A única certeza é que o recém-contratado Diego será titular (leia ao lado). "Prefiro não revelar o time até porque vou decidir somente antes do confronto", justificou o treinador.

Do outro lado, o técnico Nogueira Júnior também escondeu a equipe que joga hoje e garantiu que o elenco continua confiante.

Estreante Diego não se considera salvador da pátria

Alheio aos problemas do Palestra nos últimos dias, o atacante Diego espera estrear com gols contra o Nacional e ajudar o time a somar os primeiros pontos na Segundona. Mas ele não se considera a solução do clube. O jogador começou os treinamentos nesta semana e foi confirmado como titular pelo técnico Gersinho Lente.

"Estou muito longe de me tornar salvador da pátria. Mas, se Deus quiser, vou fazer ao menos um gol e ajudar o Palestra a alcançar essa vitória porque o grupo está merecendo faz tempo. O elenco está muito focado este confronto", ressaltou ele.

No Palestra, Diego espera reconquistar seu espaço no futebol. Após atuar no ano passado pelo Deportivo Zulia, da Venezuela, ele retornou ao Brasil e não conseguiu emprego. "Como não jogava profissionalmente, eu dei um tempo para investir no estudo. Entrei na faculdade, no curso de tecnologia da informação", contou. "Mas nunca pensei em abandonar o esporte. Quero jogar no Chile porque tenho dupla nacionalidade (brasileira e chilena)", explicou o atacante, que já defendeu o São Bernardo FC nas categorias de base.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;