Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 17 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Cultura & Lazer

cultura@dgabc.com.br | 4435-8364

Jarbas Mariz traz seu forró


Sara Saar
Do Diário do Grande ABC

12/04/2010 | 07:00


O cantor Jarbas Mariz, que se denomina curioso e arretado, tem série de shows no Sesc Santo André, a partir de amanhã. Ele mostra o quarto disco individual, intitulado Forró do Gogó ao Mocotó, que abarca somente composições do homenageado Jackson do Pandeiro (1919-1982).

No total, serão seis apresentações na região, sempre às terças-feiras, até 18 de maio. Com entrada franca, a temporada faz parte do projeto Jackson do Pandeiro - A Trajetória do Rei do Ritmo, em cartaz na unidade andreense.

Entre as 12 faixas, o trabalho de Jarbas contempla sucessos como Chiclete com Banana e Sebastiana, além de oferecer espaço para letras menos conhecidas do grande público, a exemplo de Quem Tem Um Não Tem Nenhum e Vou de Tutano.

Em paralelo ao trabalho solo, o músico integra o conjunto do irreverente Tom Zé desde os anos 1990, mas o tributo ao Rei do Ritmo se origina de parceria mais antiga, firmada na década de 1980. Jarbas pôde acompanhar Jackson em vários shows.

Genuína. Esta é palavra que melhor define a homenagem, afinal o músico optou por não mudar as introduções, a maneira de cantar e as divisões melódicas, de forma a deixar o estilo de Jackson se sobrepor.

O trabalho Forró do Gogó ao Mocotó também recebe participações de músicos renomados. Entre eles, podem ser ouvidos o trombonista Bocato, o sanfoneiro Toninho Ferragutti e o percussionista Marcos Suzano.

O projeto Jackson do Pandeiro - A Trajetória do Rei do Ritmo segue até dia 23 de maio, no Sesc Santo André, com exposição multimídia - que retrata sua vida, discografia e participação nos universos radiofônico e televisivo -, bate-papos com estudiosos e vivências gastronômicas. Estas proporcionam a degustação de algumas receitas preferidas de Jackson e revelam os pratos que formam os hábitos alimentares de regiões por onde o músico transitou durante as apresentações.

Jarbas Mariz - Show. Amanhã, às 20h. No Sesc Santo André - Rua Tamarutaca, 302. Tel.: 4469-1200. Entrada gratuita. Às terças-feiras, às 20h, até dia 18 de maio.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Jarbas Mariz traz seu forró

Sara Saar
Do Diário do Grande ABC

12/04/2010 | 07:00


O cantor Jarbas Mariz, que se denomina curioso e arretado, tem série de shows no Sesc Santo André, a partir de amanhã. Ele mostra o quarto disco individual, intitulado Forró do Gogó ao Mocotó, que abarca somente composições do homenageado Jackson do Pandeiro (1919-1982).

No total, serão seis apresentações na região, sempre às terças-feiras, até 18 de maio. Com entrada franca, a temporada faz parte do projeto Jackson do Pandeiro - A Trajetória do Rei do Ritmo, em cartaz na unidade andreense.

Entre as 12 faixas, o trabalho de Jarbas contempla sucessos como Chiclete com Banana e Sebastiana, além de oferecer espaço para letras menos conhecidas do grande público, a exemplo de Quem Tem Um Não Tem Nenhum e Vou de Tutano.

Em paralelo ao trabalho solo, o músico integra o conjunto do irreverente Tom Zé desde os anos 1990, mas o tributo ao Rei do Ritmo se origina de parceria mais antiga, firmada na década de 1980. Jarbas pôde acompanhar Jackson em vários shows.

Genuína. Esta é palavra que melhor define a homenagem, afinal o músico optou por não mudar as introduções, a maneira de cantar e as divisões melódicas, de forma a deixar o estilo de Jackson se sobrepor.

O trabalho Forró do Gogó ao Mocotó também recebe participações de músicos renomados. Entre eles, podem ser ouvidos o trombonista Bocato, o sanfoneiro Toninho Ferragutti e o percussionista Marcos Suzano.

O projeto Jackson do Pandeiro - A Trajetória do Rei do Ritmo segue até dia 23 de maio, no Sesc Santo André, com exposição multimídia - que retrata sua vida, discografia e participação nos universos radiofônico e televisivo -, bate-papos com estudiosos e vivências gastronômicas. Estas proporcionam a degustação de algumas receitas preferidas de Jackson e revelam os pratos que formam os hábitos alimentares de regiões por onde o músico transitou durante as apresentações.

Jarbas Mariz - Show. Amanhã, às 20h. No Sesc Santo André - Rua Tamarutaca, 302. Tel.: 4469-1200. Entrada gratuita. Às terças-feiras, às 20h, até dia 18 de maio.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;