Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 1 de Junho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Cultura & Lazer

cultura@dgabc.com.br | 4435-8364

Polícia confirma morte de vocalista do Alice in Chains


Do Diário OnLine

21/04/2002 | 10:53


As autoridades da cidade de King County, no Estado norte-americano de Seattle, confirmaram que o corpo encontrado na noite de sexta-feira em um apartamento é mesmo do vocalista da banda Alice in Chains, Layne Staley.

Segundo a agência Reuters, a provável causa da morte foi uma overdose de heroína. Staley, de 34 anos, foi encontrado deitado em seu sofá com material para o consumo da droga à sua volta. Um inquérito deve ser aberto para investigar o caso.

O corpo do vocalista já estava em avançado estado de decomposição. A polícia local foi até seu apartamento após a ligação de um de seus amigos, que ficou preocupado por não ver o músico há várias semanas.

O Alice in Chains foi formado em 1987 e ficou famoso no começo da década de 90, quando o movimento grunge, que incluía bandas como Nirvana, Soundgarden e Pearl Jam, explodiu no cenário musical do mundo inteiro.

Os problemas de Staley com as drogas eram constantemente abordados em suas letras e foram uma das causas para o final da banda em 1996.

Segundo informações de um site sobre a banda, fãs em Seattle e Boston estão organizando vigílias com velas e homenagens à Staley.

Staley se junta à lista de músicos do movimento grunge que morreram por causa de drogas. Em 1994, o líder do Nirvana, Kurt Cobain, se matou com um tiro na boca após consumir heroína. Além dos dois, Andrew Wood, da banda Mother Love Bone, e Stefanie Sargent, do Seven Year Bitch, também tiveram final trágico.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Polícia confirma morte de vocalista do Alice in Chains

Do Diário OnLine

21/04/2002 | 10:53


As autoridades da cidade de King County, no Estado norte-americano de Seattle, confirmaram que o corpo encontrado na noite de sexta-feira em um apartamento é mesmo do vocalista da banda Alice in Chains, Layne Staley.

Segundo a agência Reuters, a provável causa da morte foi uma overdose de heroína. Staley, de 34 anos, foi encontrado deitado em seu sofá com material para o consumo da droga à sua volta. Um inquérito deve ser aberto para investigar o caso.

O corpo do vocalista já estava em avançado estado de decomposição. A polícia local foi até seu apartamento após a ligação de um de seus amigos, que ficou preocupado por não ver o músico há várias semanas.

O Alice in Chains foi formado em 1987 e ficou famoso no começo da década de 90, quando o movimento grunge, que incluía bandas como Nirvana, Soundgarden e Pearl Jam, explodiu no cenário musical do mundo inteiro.

Os problemas de Staley com as drogas eram constantemente abordados em suas letras e foram uma das causas para o final da banda em 1996.

Segundo informações de um site sobre a banda, fãs em Seattle e Boston estão organizando vigílias com velas e homenagens à Staley.

Staley se junta à lista de músicos do movimento grunge que morreram por causa de drogas. Em 1994, o líder do Nirvana, Kurt Cobain, se matou com um tiro na boca após consumir heroína. Além dos dois, Andrew Wood, da banda Mother Love Bone, e Stefanie Sargent, do Seven Year Bitch, também tiveram final trágico.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;